contratação do dia

adrian ramos

Kloppo e o Dortmund já começaram a preparar a próxima época. Os vestefalianos anunciaram hoje a contratação (valores não revelados= do avançado colombiano de 28 anos Adrian Ramos, actual avançado do Hertha de Berlim. Parece-me assim à primeira vista uma excelente contratação. O colombiano encaixa perfeitamente no jogo do Dortmund pela sua rapidez, pela sua interessante capacidade técnica e pela sua aceitável capacidade de finalização (não é tão finalizador quanto Lewandowski mas por exemplo tem outros atributos interessantes como o facto de ser um jogador rapidíssimo nas transições em contragolpe e capaz de se desmarcar muito bem em velocidade nas costas das defesas contrárias) – em suma, Ramos, tem mais ou menos as mesmas características de Jackson Martinez, mas é um jogador tecnicamente mais evoluído e muito mais rápido e ágil. A favor de Ramos também jogou o  facto de conhecer perfeitamente a realidade do futebol alemão (está no Hertha desde 2009) e em particular da Liga Alemã, na qual já apontou 59 golos em 150 jogos realizados. Nesta temporada já leva 16 golos na Bundesliga.

Anúncios

momento do fim de semana

Coube ao modesto Augbsburg, actual 8º classificado da Bundesliga quebrar o record de invencibilidade interno de 53 jogos da equipa bávara na Liga Alemã. Um golo de Sasha Molders aos 31″ numa partida em que Guardiola, mais preocupado com o jogo da próxima quarta-feira contra o United, até deu oportunidade a alguns jogos da 2ª equipa do clube (o defesa esquerdo austríaco Ylli Sallahi, o médio esquerdo alemão Mitchell Weiser e o médio esquerdo franco-dinamarquês Pierre-Emile Hojbjerg) selou o triunfo dos Fuggerstadter sobre a equipa bávara.

O golaço de Naldo

Por acaso, passou-me ao lado durante o fim-de-semana. Vi-o agora num resumo das jornadas da Bundesliga. O brasileiro é um daqueles que cumpre os desígnios históricos da velha escola de centrais brasileiros – quando podem, tentam encher o pé, não interessando a distância tida à baliza, com toda a fé do mundo, para ver se com um patardão conseguem fazer a moedinha entrar dentro do mealheiro.

Quando a bola chegou aos pés do veterano central do Werder Bremen, antigo internacional brasileiro, estando a sua equipa a empatar a partida, tudo me leva a crer que a reacção dos adeptos terá sido a mais normal neste tipo de situações: “lá vai aquele gajo mandar a bola para a bancada” – em bom da verdade, 99% destes lances acabam com um enorme disparate dos jogadores da posição em causa, alguns deles directos à cabeça de um adepto mais desprevenido que já se encontre com as mãos na cabeça a fazer o mais comum sinal de desespero (futebolístico) quando as coisas não estão a correr bem à sua equipa. Pior que isso será a reacção quase automática dos colegas de equipa. Não haverá um único que não seja capaz de protestar com o colega pelo facto de ter estragado uma das últimas (e preciosas) jogadas a favor do encontro.

Naldo contrariou toda a estatística, encheu o pé e assinou esta pérola que deu a vitória à equipa de Bremen na partida.

O que eu ando a ver #60

Na ressaca do título, o jogo contra o Hoffenheim até permitiu a Guardiola colocar Ribery de forma ao francês adquirir forma depois das semanas em que esteve lesionado e Robben re-adquirir forma tendo em vista o main objective dos bávaros: a re-conquista da Liga dos Campeões.

O Hoffenheim foi a 2ª equipa nesta temporada a conseguir reverter uma vantagem de dois golos do Bayern. A primeira foi o Manchester City na fase de grupos da Champions.

O destaque individual na partida vai para o Brasileiro Roberto Firmino. O playmaker da equipa orientada por Marcus Gisdol mostrou mais uma vez (contra os melhores) o seu cartão de visita. Há muito que ando debaixo de olho neste brasileiro de 22 anos, jogador que trocou o modesto Figueirense de Santa Catarina pelo Hoffenheim em 2010. Para além dos 20 golos que já leva esta temporada (14 no campeonato e 6 na Taça) Firmino é um tecnicista por excelência capaz de fazer maravilhas com a bola. Não é exagero nenhum pensar que este jogador, actuando numa equipa de topo poderá facilmente chegar ao escrete. Apesar de ter renovado recentemente contrato com a equipa alemã até 2017 (para fazer aumentar a sua cláusula de rescisão) Firmino está neste momento a ser seguido por Borussia de Dortmund, Leverkusen, Manchester United, Liverpool, Everton – as equipas de Jurgen Klopp e Brandon Rodgers estão na linha da frente.

Acontecimento do dia

bayern

24º título dos bávaros, festejado a 7 jornadas do fim da Bundesliga. Mais um record para o clube que não gosta de perder, a juntar aos 53 jogos de invencibilidade para a Bundesliga. O primeiro ano de Guardiola roça a perfeição: nunca será perfeito pela derrota obtida frente ao Dortmund na Supertaça Alemã no início da temporada. No entanto, as vitórias no campeonato do mundo de clubes, na supertaça europeia, campeonato, as mais que prováveis vitórias na Champions e na Taça da Alemanha (prevejo eu) e um futebol do melhor que há na história do futebol roçam a perfeição nesta primeira época do catalão no clube.

Poderemos estar no início de uma dinastia que poderá durar uma\duas décadas. Vai ser muito difícil para qualquer clube da Bundesliga destronar o Bayern desta posição dominadora.

 

Bayern 2 bayern 3 bayern 4 bayern 5

O que eu ando a ver #55

Olympiastadium, Berlin

Hertha de Berlim vs Bayern Munchen – Em caso de vitória dos bávaros (a 52ª consecutiva) e deslize do Borussia de Dortmund frente ao Schalke, os bávaros são os primeiros a conquistar nesta temporada o título de campeões nacionais no futebol europeu. Sai o segundo (Mundial de Clubes) para Pep Guardiola?

P.S: Ao mesmo tempo em que escrevo estas palavras, Toni Kroos inaugura o marcador (6″).

já que estou numa de grandes golos

Hakan Calhanoglu. Do meio-campo. Na surpreendente vitória do Hamburgo por 3-o contra o Borussia de Dortmund no jogo que marcou a estreia de Mirko Slomka no comando técnico da equipa. Respira-se um ar menos poluído em Hamburgo, depois de 8 semanas a perder, 2 delas vividas quase a ferro e fogo pelo plantel.

foto do dia

van der vaart

edição de ontem do Jornal Record.

Esta é uma daquelas imagens que vale por mil palavras. Rafael Van der Vaart chora no final de mais uma derrota do Hamburgo (a 8ª consecutiva) frente ao Eintracht Braunschweig por 4-2. O clube da cidade dos marinheiros e o seu oponente de sábado são precisamente penúltimo e último da bundesliga.

A derrota frente ao último valeu a demissão do treinador Holandês Bert Van Marwijk. O histórico clube do Norte, vencedor da Taça dos Campeões Europeus em 1982\1983, de uma Taça das Taças na época 1976\1977 e 6 campeonatos alemães, clube onde alinham actualmente jogadores como Van Der Vaart, René Adler, Johan Djorou, Slobodan Rajkovic, Marcell Jansen, Tomás Rincon, Ola John (por empréstimo do Benfica), Gojko Kacar, Robert Tesche e Jacques Zoua, já anunciou a contratação de Mirko Slomka. Slomka foi despedido do Hannover 96 há algumas semanas atrás. O técnico de 46 anos torna-se assim o 4º treinador da equipa na presente temporada, sucedendo a Thorsten Fink, ao argentino Rodolfo Cardoso e ao holandês Van Marwijk.

 

o que eu ando a ver #12

1. Quem te viu e quem te vê ó Ronny! Passaste daquele defesa-esquerdo meio merdoso que não sabia defender e que suava em todas as conferências de imprensa onde participavas para o nº10 patrão de equipa idolatrado pelos adeptos.

2. Dos melhores jogos que vi da Bundesliga este ano. Principalmente pelo caudal de jogo praticado e pelo pace da primeira meia-hora de jogo.