O que eu ando a ver #60

Na ressaca do título, o jogo contra o Hoffenheim até permitiu a Guardiola colocar Ribery de forma ao francês adquirir forma depois das semanas em que esteve lesionado e Robben re-adquirir forma tendo em vista o main objective dos bávaros: a re-conquista da Liga dos Campeões.

O Hoffenheim foi a 2ª equipa nesta temporada a conseguir reverter uma vantagem de dois golos do Bayern. A primeira foi o Manchester City na fase de grupos da Champions.

O destaque individual na partida vai para o Brasileiro Roberto Firmino. O playmaker da equipa orientada por Marcus Gisdol mostrou mais uma vez (contra os melhores) o seu cartão de visita. Há muito que ando debaixo de olho neste brasileiro de 22 anos, jogador que trocou o modesto Figueirense de Santa Catarina pelo Hoffenheim em 2010. Para além dos 20 golos que já leva esta temporada (14 no campeonato e 6 na Taça) Firmino é um tecnicista por excelência capaz de fazer maravilhas com a bola. Não é exagero nenhum pensar que este jogador, actuando numa equipa de topo poderá facilmente chegar ao escrete. Apesar de ter renovado recentemente contrato com a equipa alemã até 2017 (para fazer aumentar a sua cláusula de rescisão) Firmino está neste momento a ser seguido por Borussia de Dortmund, Leverkusen, Manchester United, Liverpool, Everton – as equipas de Jurgen Klopp e Brandon Rodgers estão na linha da frente.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s