O que eu ando a ver #58

San Mamés, Bilbao.

Apesar de ter simpatia pelo Athletic de Bilbao, gostei que o Atlético de Madrid tenha passado no teste do duro San Mamés. Detestando tanto Real como Barcelona, torço pelos colchoneros pela vitória na Liga Espanhola. Pela surpresa que a equipa de Simeone tem protagonizado durante esta temporada, pela fantástica rigidez táctica apresentada pelos comandados do argentino, pelo futebol adocicado (ao mesmo tempo venenoso) de Koke, Gabi e Arda Turan e pelo simples facto deste Atlético contrariar (com uma equipa de tostões; quando comparada com os milhões gastos pelas superpotências do futebol espanhol) o domínio antevisto para os dois clubes por toda a comunidade futebolística.

Da equipa de Valverde (actual 4ª classificada na Liga; em posição capaz de se apurar para o playoff da Champions; nada mau para a primeira época de Valverde no clube) fica na retina o primeiro golo da partida, apontado pelo jovem internacional sub-21 Iker Muniain (a maior vedeta deste conjunto basco) num lance que considero exemplo para qualquer jovem jogador. O passe longo é delicioso assim como também se deve considerar deliciosa a leitura de jogo do avançado basco (prevendo que a bola iria cair naquele espaço, ultrapassada a sua primeira linha de encontro) e a respectiva diagonal que lhe permitiu atacar o espaço e a queda da bola ao solo para depois brindar o enorme Courtois com um chapéu fantástico. De génio.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s