Portugal x Camarões

Um jogo pobre na primeira parte, mais interessante na segunda. Esta equipa dos Camarões, ou muito me engano, ou saí do Brasil sem uma única vitória. Tirando a dupla de centrais, o Song e o Eto’o (que hoje deve ter tido as ordens do costume do Mourinho para não jogar um chavo), o resto são alguns jogadores com excesso de velocidade e pouca técnica, e lá pelo meio está um sarrafeiro à antiga (Ekotto).

Relativamente à Selecção, bom jogo na segunda parte, onde aproveitámos bem o potencial que temos em jogar nas transições. Todos os jogadores subiram de produção na segunda metade, e o resultado foi-se avolumando naturalmente. De realçar o facto de Ronaldo passar a ser o melhor marcador da selecção, superando Pauleta. Ronaldo já conta com 49 e a tendência é continuar a marcar.

Também deu para aferir outras coisas importantes:

– Está visto que o Ivan Cavaleiro ser convocado e jogar foi uma manobra para aumentar o seu valor de mercado com uma internacionalização. É a única explicação possível. Ainda não tem qualidade para ser sequer terceira opção nos AA. De realçar, contudo, o belo pormenor para o 3-1 de Portugal.
– Estreia de Rafa deixa bons indicadores, mas precisa de continuar a jogar e evoluir no Braga. Parece-me que poderá ir ao Brasil, mas dificlmente terá oportunidades para ser titular ou suplente utilizado, a não ser que tenhamos a qualificação para os oitavos assegurada no último jogo (altamente improvável).
– O William Carvalho ainda tem de melhorar muito defensivamente, principalmente no tempo de entrada. Fez demasiadas faltas, e terá de ter cuidado com isso no Mundial, caso seja o titular. Aumentou de produção na segunda parte, algo que se tem verificado muito quando joga no Sporting, nesta segunda volta do campeonato. Fez um passe fantástico na segunda parte para o Ronaldo. O William que só lateraliza, não é?
– Apesar de alguns jogadores estarem a fazer uma temporada abaixo das expectativas, seja por falta de ritmo ou por não estarem numa equipa que corresponda à sua qualidade, quem sabe não esquece. Bons jogos de Moutinho e Coentrão, possivelmente os melhores em campo por parte de Portugal. A juntar a Ronaldo, obviamente.
– Gostei muito do Neto. Parece-me estar mais evoluído enquanto jogador, principalmente na antecipação e leitura dos lances. O Rolando pareceu-me a acusar um pouco a responsabilidade de vestir a camisola. Acusou a pressão do Paulo Bento estar entre ele e o Ricardo Costa?
– O Edinho não tem qualidade para a equipa A, mas teve lá um pormenor para meter no DVD do empresário.

Anúncios

2 thoughts on “Portugal x Camarões

  1. Vi a primeira parte. Não vi mais. O futebol estava a ser fraquíssimo. Não acredito muito nesta selecção, portanto, não me vou preocupar muito com ela. Os Camarões são uma selecção fraquíssima. Vivem do que um ou outro jogador possa fazer. Como maior parte das africanas, são muito indisiciplinados tacticamente. Alguns jogadores não tem a mínima noção da posição que devem ocupar em campo. Tentaram jogar em ataque organizado. O teste foi interessante mas o Gana é uma selecção com uma filosofia de jogo bastante diferente da filosofia dos Camarões. É uma das raras selecções africanas que consegue ser disciplinada tacticamente. Costuma jogar na retranca e sair em contragolpe com 2 ou 3 unidades para não se desiquilibrar. Costuma ter bons lançadores (caso do Appiah no passado) e um meio-campo muito musculado.

    • O Gana é claramente melhor equipa que estes Camarões, mas acredito que se estivermos ao nosso nível, vamos superá-los. E aos EUA também.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s