Superbock! Fresquinha! #62

jogo

Há capas que me fazem rir. A do Jornal O Jogo de hoje é uma delas.

1) A começar pelo destaque. O FC Porto continua a usar o “jornal do pato” para vender a sua mercadoria. Quaresma entrou no lote de pré-convocados de Paulo Bento. A bom da verdade, apenas saiu deste mesmo lote quando deixou de competir. A entrada do “cigano” neste lote deu azo para fazer o clube promover os seus habituais fait divers. O jogador não entrou mal na equipa de Paulo Fonseca mas também não entrou com a pujança que o clube da invicta e a imprensa faziam crer. Não é preciso ter dois palminhos de testa para ver e perceber que o jogador, mesmo apesar de não possuir o ritmo competitivo que se exige para esta fase da temporada, já não apresenta as características de antigamente. O Quaresma dos processos simples, das trivelas, do brilhantismo, da explosão deu lugar a uma sombra daquilo que o jogador era há 6\7 anos atrás, ou seja, um jogador que se agarra em demasia à bola e que com tal vício congela todas as jogadas ofensivas que a equipa cria até a bola chegar aos seus pés.

2) Fernando – Quando questionado no passado sobre a possibilidade de convocar o brasileiro recentemente naturalizado português, Paulo Bento afirmou que enquanto for seleccionador português não irá forçar junto da FPF pedidos para a naturalização de jogadores portugueses. O que equivale a dizer que o seleccionador português não está nem praí virado. Fernando naturalizou-se no passado mês de Dezembro. Paulo Bento nunca mais voltou a pronunciar-se quanto à possibilidade de convocar o jogador do FC Porto. Contudo, para O Jogo tal vai confirmar-se. Os iluminati dos Jogo consideraram na notícia publicada que o dossier Fernando deixou de “depender da vontade do seleccionador” mas sim da autorização que a FIFA terá que dar para o efeito.

Na minha opinião ficou claro que a renovação do trinco com o Porto terá afastado o principal interessado no jogador, o Manchester City. Uma coisa é assinar com um jogador livre. Outra coisa é ter que o comprar por 30 ou 40 milhões de euros. No futebol mundial, nenhum clube vai deixar de contratar um jogador em final de contrato em ano de mundial para depois da prova o comprar por 30 ou 40 milhões. Mais: Nenhuma equipa no futebol desperdiça a oportunidade de contratar um jogador em final de contrato antes do mundial, sabendo de antemão que o mundial é uma das provas que mais jogadores valoriza. As boas exibições num mundial valem ouro e aumentam o lote de interessados. O aumento do lote de interessados num jogador é benéfico pois valoriza ainda mais os jogadores na medida em a recepção de várias propostas (aumento da procura) leva automaticamente ao aumento do preço.

O empresário do jogador proferiu há uns dias atrás a certeza de que o jogador irá rumar à Premier League na próxima época. Duvidando eu que o City continue interessado no jogador (até porque os citizens tem 3 excelentes opções para a posição), que o Chelsea esteja interessado depois de ter contratado Matic ou que o Manchester United mude o alvo (neste momento os red devils estão prontos a avançar por William Carvalho) das duas uma: ou Antonio Araújo conseguiu convencer o Tottenham a contratar o jogador (exceptuando as três anteriormente mencionadas, é actualmente a única equipa da Premier com capacidade financeira para recrutar o brasileiro nos valores exigidos pelo FC Porto) ou então, a promoção que está a ser feita pelo Jogo em torno da convocação do brasileiro para a selecção portuguesa não é mais do que uma manobra de pressão para o jogador ir ao mundial, fazer 1 ou 2 boas exibições e consequentemente angariar um novo lote de interessados.

3) Jefferson – Tal informação não foi ainda veículada pelo Sporting Clube de Portugal. No entanto, o próprio Jefferson deverá ter esfregado as mãos de contentamento ao ler a notícia. Dada a quantidade abismal de notícias nos últimos dias que deram conta do “aumento salarial” obtido pelo jogador e quantidade de vezes que já tentaram arrumar com a carreira de Jefferson através de entradas assassinas, tomara o brasileiro ser aumentado todos os dias. Um jogador de futebol nunca sabe quando é que uma entrada mais dura que o habitual pode terminar uma carreira…

4) Herculano Lima – O presidente do Conselho de Disciplina da FPF não terá gostado de saber que gravações das reuniões do organismo federativo que dirige foram tornadas públicas. Como é que o Jornal do Pato sabe que foram tornadas públicas? Ah pois… foram eles que publicaram o primeiro rumor de que a decisão seria favorável ao FC Porto. Tão simples como os 3 vértices do triângulo das Bermudas. Ou então, cá para mim foi obra e graça da empresa de espionagem do Paulo Pereira Cristóvão para culpabilizar o sporting. Faça-se rapidamente uma denuncia caluniosa….

5) Mário Figueiredo – O título é sugestivo. Indicia que o presidente da Liga de Clubes está a ser vítima de coacção psicológica no trabalho. Que não se lhe dê um esgotamento nervoso. Com tal cabeçalho comecei a perceber porque é que no domingo em Paços de Ferreira optou por esconder-se debaixo da asa de Luis Filipe Vieira. Ou terá sido dentro das calças?

Anúncios

One thought on “Superbock! Fresquinha! #62

  1. Pingback: Superbock! Fresquinha! #63 | Tudo Ao Molho!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s