na NFL

O comentador televisivo texano Dale Hansen surpreendeu toda a América ao defender os jogadores homossexuais que paulatinamente se vão assumindo na NFL. A propósito do primeiro jogador que assumiu a sua escolha sexual (Michael Sam), o comentador televisivo tentou fazer a hipócrita distinção que a sociedade faz entre  jogadores que tem bom rendimento em campo mas que cometem, por outro lado, episódios menos felizes na vida real e jogadores que tem a coragem de assumir as suas escolhas sexuais: “You beat a woman and drag her down a flight of stairs, pulling her hair out by the roots? You’re the fourth guy taken in the NFL draft. You kill people while driving drunk? That guy’s welcome. Players caught in hotel rooms with illegal drugs and prostitutes? We know they’re welcome. Players accused of rape and pay the woman to go away? You lie to police, trying to cover up a murder? We’re comfortable with that. You love another man? Well, now you’ve gone too far! (…) I’m not always comfortable when a man tells me he’s gay; I don’t understand his world, But I do understand that he’s part of mine.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s