Superbock! Fresquinha! #47

Esta cerveja enfeitiçou-me! –

Hugo Vieira segue com a bola em contra-ataque contra 2 oponentes do Benfica (Ljubomir Fejsa e Ivan Cavaleiro). Sofre falta do segundo e o primeiro, ultrapassado em velocidade, vindo de trás, podendo suspender a marcha, atinge de forma barbara o jogador do Gil Vicente com uma joelhada em cheio na cabeça. A jogada prossegue. Bruno Paixão vê o primeiro lance. O jogador do Gil Vicente contorce-se de dores no chão. Bruno Paixão não manda os jogadores do Benfica colocar a bola fora e a jogada prossegue. A bola vai para a área. Um jogador do Gil Vicente ganha posição a Djuricic enquanto outro protege a saída do seu guarda-redes ao solo para apanhar a bola. Djuricic cai. Nas imagens percebe-se que Bruno Paixão olha directamente para a marca de grande penalidade e sem pestanejar assinala o castigo máximo.

Na minha terra costuma-se dizer que “gozar é com o caralho” – Em dois lances, Bruno Paixão gozou com todo o trabalho desenvolvido pelo Gil Vicente na partida e durante a semana. Não marca a falta de Cavaleiro, não pune Fejsa com o cartão vermelho directo devido à agressão barbara que podia ter posto em risco de forma grave a integridade física do colega de profissão, não expulsa Fejsa porque sabe que um cartão vermelho directo porque o mesmo vai retirar o jogador do derby da próxima semana, e, como se os dois erros cometidos não bastassem, tratou de encomendar a vitória ao Benfica numa grande penalidade resultante de um lance tão igual a milhares de lances que acontecem pelos campos desse mundo fora.

A arbitragem de Bruno Paixão nos minutos finais do jogo de Barcelos não foi sinal da sua manifesta falta de qualidade. Da sua manifesta qualidade já todos sabemos. Sei que não sou o único neste país a interrogar-me em como Bruno Paixão conseguiu ser árbitro internacional ou árbitro de primeira categoria durante todo este tempo. A arbitragem de Bruno Paixão nos minutos finais do jogo de Barcelos foi uma arbitragem tendenciosa e assumidamente clubista. Como tal, deve ser severamente punida. Passemos a bola para o presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol e para o Presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol. Esperemos para ver aquilo que terão para dizer desta vez…

Anúncios

2 thoughts on “Superbock! Fresquinha! #47

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s