Luis Aragonés

aragonés

Faleceu ontem Luis Aragonés aos 75 anos. Aragonés perdurará na história do futebol como o melhor marcador da história do Atlético de Madrid (1964-1974; 173 golos em partidas oficiais) e como o génio de mau feitio que deu o primeiro triunfo a La Roja numa competição internacional de selecções com a vitória no Europeu de 2008.

O homem que unânimente é lembrado como um génio com maus fígados fez parte da equipa do Atlético que fez suar o poderoso Bayern de Munique naquela que é considerada por muitos (inclusive o meu pai) como a melhor final da Taça dos Campeões Europeus de 1973\1974 alguma vez realizada:

Nota final: o vídeo reporta todos os golos marcados nos dois jogos disputados. Como no primeiro jogo entre as duas equipas, Atlético e Bayern empataram a 1 bola, não existindo nas regras da altura da competição desempate por grandes penalidades, marcou-se uma finalíssima dois dias depois no Heysel de Bruxelas. Na finalíssima, imperou a força física e o futebol de uma das maiores gerações do clube Bávaro: Sepp Meier, Paul Breitner, Franz Beckenbauer, Franz Roth, Uli Hoeness e “der bomber” Gerd Muller.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s