“greve no Racing de Santander vs Real Sociedad”

racing de santander

El Sardiñero, Santander. 2ª mão dos quartos-de-final da Copa Del Rey. Durante a semana, os jogadores do histórico emblema da província da Cantábria, agora na 2ª divisão B Espanhola, pediram a demissão do presidente do clube devido à existência de salários em atraso e das promessas incumpridas pelo referido dirigente. Conforme prometido, fizeram greve ao jogo de hoje frente à Real Sociedad. Uniram-se no círculo do terreno e depois sentaram-se. O árbitro da partida declarou não existirem condições para o jogo se disputar e suspendeu-o.

“Com a honra não se joga”, escreve a Marca. O título é ilustrativo da dignidade sentida na pele por quem trabalha e necessita da remuneração decorrente do seu suor para se sustentar a si e à sua família. Os jogadores do Racing de Santander deram hoje uma preciosa lição a um mundo em que alguns dirigentes teimam em assumir vícios demasiado caros para as possibilidades dos clubes que dirigem.

Advertisements

One thought on ““greve no Racing de Santander vs Real Sociedad”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s