Bidone D´Oro #9

Enquanto Allegri se vai rindo em casa da porca miseria instalada em Milão, a boca que mais props lhe mandava (à distância e de forma cobarde) ganhou um bilhete dourado para o banco de San Siro, onde hoje já deve saber a espinhosa missão que terá de desempenhar para devolver o clube milanês do estado de merda pelos joelhos até ao topo do futebol italiano, fatto che io no credo nos próximos 2\3 anos em virtude da erratica estratégia que paira sobre as aureas da família Berlusconi e do seu “fiel” escudeiro Adriano Galliani.

Impávido e sereno no banco, Seedorf assistiu a 15 minutos iniciais de fulgor da sua equipa na recepção à jovem Udinese para os quartos-de-final da Taça de Itália. O jogo dos milaneses nos restantes 75 minutos da partida foi mentira. Com um Mario Balotelli inadmissivelmente a passo (se fosse treinador castigava-o até ao final da época pela falta de vontade que o avançado manifesta dentro de campo) o Milan viu a Udinese espetar dois ou três contra-ataques mortíferos para vencer a partida. O decisivo, aquele que o jovem uruguaio de 20 anos emprestado pela Roma Nico Lopez (nome a memorizar para o futuro) fez, poucos minutos depois de ter entrado em campo para substituir o português Bruno Fernandes, para o 2-1 da turma de Udine no San Siro.

Com esta derrota, o AC Milan já sabe o que lhe vai calhar em sorte no final da época: um ano sem competições europeias. Justificadíssimo.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s