Mercado de Transferências #10

diakité

1. Itália – A Fiorentina continuou a apostar forte nesta janela de transferências. A equipa de Firenze anunciou a contratação por empréstimo do central franco-senegalês Modibo Diakité por empréstimo do Sunderland. O central de 26 anos volta a Itália,  anos depois de ter representado a Lázio.

2 – Bélgica – O Genk cedeu Dennes De Kegel ao Cercle de Brugge em definitivo.

rafael toloi

3- Itália – Roma e São Paulo chegaram a acordo quanto ao empréstimo do central de 23 anos Rafael Tolói ao clube Romano até ao final da temporada.

4 – Grécia – O Ergotelis contratou o central nigeriano Dele Adeleye a custo zero depois deste se ter desvinculado do Anzhi.

5 – Rússia – O Rubin Kazan contratou o defesa central russo de 23 anos Taras Burlak ao Lokomotiv de Moscovo. O jogador custou 2,5 milhões de euros ao clube de Kazan.

mosquera

6 – Portugal – O Gil Vicente anunciou hoje a contratação do avançado Colombiano John Mosquera, jogador de 23 anos que alinhava na 2ª liga alemã no Energie Cottbus.

7 – Portugal – O Rio Ave anunciou a contratação de Etien Velikonja. O esloveno de 25 anos vem por empréstimo do Cardiff até ao final da temporada.

pasalic

8 – Inglaterra – O Chelsea anunciou a contratação do sub-19 Croata Mario Pasalic ao Hadjuk Split por 3 milhões de euros. O  messi croata, alcunha pela qual é apelidado no seu país, marcou 6 golos e fez 6 assistências na prova volta do campeonato croata. Custou 3 milhões de euros aos cofres do Chelsea. Irá jogar na equipa de juniores do clube.

9 – Inglaterra – O West Ham anunciou a contratação do médio de 21 anos Abdul Razak ao Manchester City por cerca de 1,15 milhões de euros. O médio estava emprestado pelos citizens ao Anzhi.

10 – Holanda – O defesa Andreas Wolf foi dispensado pelo Mónaco e assinou pelo Utrecht da Holanda.

11 – Itália – O Torino contratou por empréstimo do Inter até ao final da temporada Matteo Colombi.

12 – Itália – Apontado ao Sporting pela imprensa portuguesa, o avançado Chileno Marcelo Estigarribia foi emprestado pelo Chievo à Atalanta até ao final da temporada.

13 – Bélgica – O antigo jogador do Vitória de Guimarães Kamel Ghilas (irmão mais velho de Nabil Ghilas do Porto) saiu do Stade de Reims para reforçar o Charleroi da Bélgica. Os belgas pagaram 600 mil euros ao clube francês pelos serviços do argelino de 29 anos.

14 – Itália – O internacional Uruguaio Ruben Oliveira foi dispensado pela Fiorentina e contratado pelo Bréscia da Série B.

15 – Itália – O Bologna anunciou a contratação do sueco Erik Friberg ao Malmo. O médio defensivo de 27 anos custou cerca de 1,3 milhões de euros aos cofres do clube italiano.

yobo

16 – Inglaterra – Aos 33 anos, Joseph Yobo vive mais uma aventura no futebol de inglês depois de ter sido confirmado o empréstimo ao Norwich pelo Fenerbahce. Yobo alinhou vários anos pelo Everton.

17 – Itália – O maliano Pape Diakhaté foi transferido pela família Pozzo do Granada para a Udinese.

18 – Inglaterra – O Fulham anunciou o empréstimo do internacional dinamarquês William Kvist vindo do Estugarda.

19 – Inglaterra – O Charlton confirmou o empréstimo do ponta-de-lança iraniano Reza Ghoochannejhad do Standard de Liège.

20 – Bulgária – O Levski de Sofia adquiriu o checo Pavel Cmovs ao NEC Nijmegen.

faouzi ghoulam

21 – Itália – O Napoli confirmou a contratação do lateral-esquerdo franco-argelino de 22 anos Faouzi Ghoulam ao Saint-Ettiène. Os Napolitanos pagaram 5,5 milhões de euros aos franceses, que com as vendas de Max Gradel, Ghoulam e Kurt Zouma terão possibilidades financeiras para construir uma boa equipa para a próxima temporada. O clube francês colmatou a vaga deixada em aberto pela saída do argelino com a contratação do experiente lateral-esquerdo Benoit Tremoulinas por empréstimo do Dinamo de Kiev.

armero

22 – Inglaterra – Ao mesmo tempo que confirmava a contratação de Ghoulam, o presidente dos Napolitanos confirmou o empréstimo do ala esquerdo\direita Pablo Armero aos ingleses do West Ham até ao final da temporada.

23 – Portugal – O Portimonense contratou Mazola, jogador que se encontrava vinculado ao São Paulo.

jermaine jones

24 – Turquia – O Besiktas anunciou ontem a contratação do médio defensivo norte-americano (dupla nacionalidade Alemã) Jermaine Jones ao Schalke. Os turcos pagaram cerca de 400 mil euros pela transferência do atleta de 32 anos.

25 – Espanha – O Levante anunciou a contratação de Mohammed Sissoko, experiente trinco de 29 anos, a custo zero depois de se ter desvinculado do PSG.

26 – Estados Unidos – O Philadelphia Union contratou o jovem moçambicano Clesio Baúque, jogador que alinhava na equipa B do Benfica. O empréstimo é valido por 1 ano.

27 – Bélgica – O Standard de Liège adquiriu a jovem promessa do futebol montenegrino Nebojsa Kosovic  de 18 anos ao Vojvodina por cerca de 800 mil euros.

28 – Roménia – O Vaslui confirmou a contratação do lateral-direito Gil Bahia ao Cruzeiro por cerca de 300 mil euros.

29 – Portugal – Bruno China será jogador do Belenenses. O centrocampista desvinculou-se da Académica.

30 – Portugal – Mais um italiano a caminho da Olhanense. O clube de Olhão confirmou a contratação por empréstimo do Padova o avançado de 29 anos Daniele Vantaggiato.

31 – Espanha – O Getafe anunciou a contratação do brasileiro naturalizado croata Sammir, avançado que representava o Dinamo de Zagreb. Sammir sai a custo zero dos croatas para reforçar a equipa dos arredores de Madrid.

rudy

32 – Portugal – O Belenenses confirmou há minutos a contratação por empréstimo do avançado português Rudy, jogador que actuava no Deportivo.  O Português regressa ao futebol português, anos depois de ter saído do Atlético (na altura na 2ª b; rudy era na altura o melhor marcador da prova) para os belgas do Cercle de Brugge que depois o venderam ao clube galego.

diego

33 – Espanha – Era um dos cenários previstos há vários meses para o jogador. Diego volta ao Atlético de Madrid por empréstimo do Wolfsburgo. O nº10 brasileiro era um desejo expresso de Diego Simeone.

34 – França – O Nantes contratou por empréstimo dos israelitas do Hapoel Telaviv o avançado internacional israelita Itay Shechter por empréstimo até ao final da presente temporada.

35 – Inglaterra – O Queens Park Rangers adquiriu por empréstimo Samba Diakité do Watford.

36 – Portugal – O central brasileiro Leandro Freire desvinculou-se do Guimarães e assinou pelo Nacional.

heldon

37 – Portugal – No que diz respeito aos grandes portugueses, esta é para já a anúncia mexida significativa. O extremo cabo-verdiano Héldon será jogador do Sporting com o clube Lisboeta a desenbolsar 1,5 milhões de euros

shikabala

Os leões já tinham confirmado ontem a contratação do internacional egípcio Shikabala ao Zamalek do Egipto. O jogador de 27 anos desvinculou-se da anterior equipa devido ao facto de ter salários em atraso. O emblema de Alvalade ainda tem na calha a contratação de Matías Perez,

Yoann Cabaye

38 – França – O PSG confirmou ontem a contratação do médio centro Yoann Cabaye ao Newcastle por 20 milhões de euros mais 5 milhões de objectivos. A equipa do Norte de Inglaterra tenta agora contratar Philip Djuricic ao Benfica. Para seduzir a SAD do Benfica, avança a imprensa portuguesa, o clube de Newcastle deverá ter feito uma proposta que engloba a troca do sérvio por Papiss Cissé, o mortífero avançado senegalês.

39 – Inglaterra – O QPR anunciou a contratação do experiente avançado francês Jeremy Aliardère ao Lorient.

40 – Portugal – O FC Porto emprestou o guarda-redes sérvio Igor Stefanovic ao Moreirense até ao final da temporada.

41 – Itália – O ala esquerdo Marquinho foi emprestado pela Roma ao Hellas Verona até ao final da temporada.

erick moreno

42 – Portugal – O Sporting de Braga anunciou a contratação do avaçado colombiano de 22 anos Erick Moreno ao Millionarios da Colômbia. O clube bracarense irá pagar cerca de 800 mil euros por 80% do passe do jogador. Moreno irá rivalizar com o romeno Rusescu, Edinho e Éder (quando recuperar de lesão) por um lugar na frente de ataque da equipa orientada por Jesualdo Ferreira. O clube bracarense pode vender Nuno André Coelho ao Besiktas até ao final do dia.

43 – Suiça – O Lausanne-Sport recebeu por empréstimo do Pescara o croata Ante Vukosic. O Pescara por sua vez confirmou Mahammadou Samassa do Chievo.

44 – Inglaterra – O Swansea adquiriu o jovem escocês Jay Fulton do Falkirk a troco de 350 mil euros.

45 – Espanha – O Sevilla emprestou o bósnio Miroslav Stefanovic ao Alavés até ao final da temporada.

46 – Inglaterra – O Birmingham da Championship recebe por empréstimo do Manchester United o defesa Tom Thorpe e o avançado italiano Federico Macheda.

47 – Portugal – Nelson Agra, irmão de Salvador Agra, foi emprestado pelo Gil Vicente ao Leixões.

48 – Itália – A Lazio recebeu o médio centro Gael Kakuta por empréstimo do Chelsea.

49 – Itália – Troca de jogadores entre equipas da Série A: a Sampdoria vendeu o ponta-de-lança Nicola Pozzi em co-propriedade para o Parma por 1,5 milhões de euros (50%) e recebeu ainda o avançado Stefano Okaka Chuka do Parmegiani por empréstimo até ao final da presente temporada.

50 – Portugal – O Chaves contratou Bruno Moreira depois do jogador português se ter desvinculado do CSKA de Sófia.

51 – Escócia – O Kilmarnock recebe o sueco David Karlsson por empréstimo do Sunderland.

52 – Espanha – O Levante contratou a custo zero o avançado de 28 anos Victor, jogador que foi internacional sub-20 pela espanha e que alinhava no Mallorca da 2ª liga espanhola.

53 – Inglaterra – O Everton contratou o jovem guarda-redes checo Jindrich Stanek ao Slavia de Praga por 120 mil euros. Stanek de 17 anos será utilizado nos juniores da equipa de Liverpool.

vinicius

54 – Espanha – O Valência anunciou a contratação do jovem avançado de 20 anos do Cruzeiro Vinicius Araújo por 3,5 milhões relativos a 50% do passe do jogador brasileiro.

kallstrom

55 – Inglaterra – Enquanto o dossier Draxler está em banho maria (a imprensa inglesa afirma que o Arsenal só quis oferecer 30 milhões de libras pelo jogador, valor demasiado baixo para os 40 milhões que o Schalke pede; na conferência de imprensa de hoje, Arsène Wenger desmentiu que o Arsenal tenha negociado o jogador alemão nesta janela de transferências) o clube londrino confirmou a contratação por empréstimo do Spartak de Moscovo do experiente centrocampista internacional sueco Kim Kallstrom. Kallstrom jogará nos próximos 6 meses no Arsenal depois de ter representado durante a sua carreira o BK Hacken, Djurgarden, Rennes, Olympique Lyonnais e Spartak. O clube londrino libertou o ganês Daniel Boateng por empréstimo para o Hibernian da Liga Escocesa.

56 – Inglaterra – O Walsall recebe Michael Ngoo por empréstimo do Liverpool.

57 – Itália – O Inter contratou o jovem peruano de 19 anos Andy Polo ao Universidad de San Martin do Perú. O internacional sub-20 já tinha jogado em Itália pelos sub-18 do Genoa. Os Milanese deverão ter pago cerca de 300 mil euros pelo avançado. Vai alinhar pela equipa de sub-20 dos nerazzurri.

58 – Itália – A Roma também aproveitou esta janela de transferências para contratar muitos jovens. O último a ser contratado foi o eslovaco Thomas Vestenicki, jogador de 17 anos que alinhava no FC Nitra da Eslováquia. A turma romana paga cerca de 400 mil euros por esta contratação.

59 – Holanda – O Utrech confirmou Nando Quesada, médio de 19 anos que se desvinculou do Barcelona. O jovem esteve perto de reforçar o Stoke no passado verão.

60 – Escócia – O Hearts recebe por empréstimo o guarda-redes sub-20 Australiano Curtis Good por empréstimo do Newcastle.

61 – Itália – Franco Brienza rescindiu com a Atalanta e assinou pelo Chievo.

hernan perez

62 – Grécia – O Olympiacos contratou o extremo-direito Hernan Perez ao Villareal por 2,5 milhões de euros. A contratação do Paraguaio vem na sequência…

mitroglou

63 – Inglaterra – de uma das transferências mais interessantes do dia. Kostas Mitroglou assinou pelo Fulham. O clube de Londres antecipou-se ao Liverpool no concurso pelo ponta-de-lança internacional grego com uma proposta de 13,5 milhões de euros, mais 6,5 milhões que a proposta apresentada ontem pelo Liverpool. A saída do grego implicou…

berbatov

64 – França – A saída de Dimitar Berbatov do Fulham para o Mónaco a custo zero. O internacional Búlgaro preferiu a proposta dos monegascos em detrimento de um regresso a White Hart Lane para representar o Tottenham, clube que…

holtby

65 – Inglaterra – confirmou o empréstimo do alemão Lewis Holtby ao Fulham até ao final da presente temporada. O Tottenham poderá contratar Hulk até ao final do dia.

66 – Holanda – O Utrecht contratou o experiente lateral francês Mathieu Delpierre ao Hoffenheim numa transferência livre.

67 – Turquia – O avançado eslovaco Marek Sapara assinou pelo Gaziantespor, actual equipa de Bruma.

68 – Inglaterra – O QPR confirmou Dellatorre, avançado brasileiro que alinhou na equipa B do FC Porto na época passada. Surge em Londres emprestado até ao final da época pelo Atlético Paranaense. O clube londrino também anunciou a contratação do veterano central norte-irlandês Aaron Hughes, antigo jogador do Fulham.

69 – Inglaterra – O ganês Emmanuel Frimpong foi emprestado pelo Arsenal ao Barnsley da Championship.

70 – África do Sul – O Sundowns contratou o internacional pela zâmbia Hichani Himonde ao TP Mazembe do Congo.

71 – Portugal – A Académica adquiriu o luso-suiço Elton Monteiro por empréstimo dos belgas do Club Brugge até ao final da temporada. O central primo de Gelson Fernandes (ex-Sporting) fez a sua formação no Arsenal.

72 – Holanda – O Go Ahead Eagles da Eredivisie anunciou a contratação do guarda-redes Stephen Andersen por empréstimo do Bétis.

73 – Inglaterra – O West Bromwich Albion confirmou a contratação do extremo\avançado Thierry Bifouma do Espanyol por cerca de 1 milhão de euros.

74 – Canadá – Aos 29 anos, Maykon, antigo jogador de Belenenses, Paços de Ferreira e União de Leiria assinou pelo Ottawa Fury. Jogava no AEL Limassol do Chipre.

75 – Noruega – O Molde confirmou o empréstimo do islandês Bjorn Sigurdsson por empréstimo do Wolverhampton.

76 – Alemanha – O Nuremberga adquiriu o espanhol José Campaña, médio centro de 20 anos, por empréstimo do Crystal Palace.

abdellaoue

77 – Alemanha – O Estugarda contratou o avançado internacional Norueguês (de ascedência marroquina) Mohammed Abdellaoue ao Nuremberga por cerca de 3,5 milhões de euros. A imprensa germânica afirma que o Borussia de Dortmund também pretendia o avançado de 28 anos.

guilavogui

78 – França – O trinco Joshua Guilavogui de 23 anos regressa Saint-Ettiène emprestado pelo Atlético de Madrid meio ano depois dos colchoneros terem pago 10 milhões pelo seu passe. Não está salvaguardada qualquer opção de compra no final da época.

osvaldo

79 – Itália – O avançado italo-argentino Pablo Osvaldo regressa a Itália para representar a Juventus naquela que é até agora uma das mais sonantes transferências do dia no futebol italiano. O jogador tentará convencer Prandelli a convocá-lo para a selecção italiana no próximo mundial. Vem emprestado pelo Sunderland até ao final da época, meio-ano depois da equipa da Premier League ter dispendido 15,1 milhões de euros na sua contratação à Roma. Osvaldo não vingou na sua primeira experiência no futebol britânico.

hernanes

80 – Itália A outra transferência que pulsou o último dia do mercado no futebol italiano (para já) foi a transferência de Hernanes da Lazio para o Inter por cerca de 15 milhões de euros. 1 dia depois de ter protagonizado uma comovente despedida em lágrimas quando abordado pelos adeptos Laziale na saída do centro de estágios do clube romano. Hernanes justificou a sua atitude no facebook:Quero explicar minhas lágrimas, porque vocês entenderam tudo errado. Não chorei por terem me obrigado a sair, mas sim porque há uma negociação e eu poderei deixar Roma, uma cidade que amo, com a torcida que amo. Disse ao clube que gostaria de ir, vai ser melhor pro meu percurso profissional. Quero agradecer publicamente, porque sempre foram muito justos comigo. Parte meu coração, mas quero dizer que todos vão ficar no meu coração pra sempre”

81 – Estados Unidos – O Sueco Stefan Ishizaki vai jogar no LA Galaxy depois de se ter desvinculado do Elfsborgs.

82 – Bélgica – O Anderlecht contratou o avançado de 25 anos David Pollet ao Charleroi por 2 milhões de euros.

83 – Portugal – O Estoril emprestou Leandro Borges ao Atlético.

84 – Inglaterra – O Aston Villa emprestou Nathan Delfouneso ao Coventry City.

Valor total gasto nesta janela de transferências: 369 milhoes e 325 mil euros.

p.s 1: vamos ver o que dita a noite\madrugada no que toca às últimas transferências possíveis nesta temporada.

Últimas horas do Deadline Day

O Tudo ao Molho! vai seguir ao minuto as últimas horas do fecho do mercado de transferências, dando relevância às transferências mais importantes.

22:23 [Inglaterra] Thievy do Espanyol para o West Bromwich Albion por empréstimo até ao final da época com opção de compra.

21:23 [Portugal] A nova lista de inscritos que a liga divulgou ainda não tem Shikabala…

22:00 [Espanha] E Senderos vai-se mesmo embora do Fulham! Emprestado ao Valência.

21:50 [Itália] Hernanes finalmente confirmado no Inter!

21:46 [Espanha] O prodígio Oliver Torres do Atlético Madrid jogará no Vilarreal por empréstimo até ao final da temporada.

21:45 [Espanha] Valência tenta Philippe Senderos do Fulham.

21:44 [Itália] Gael Kakuta do Chelsea jogará na Lazio por empréstimo durante 6 meses.

21:40 [Portugal] Dificuldades em fechar a transferência de Shibakala para o Sporting, apesar de ser desconhecido o porquê da situação. Falta pouco…

21:33 [Espanha] Diego, médio brasileiro do Wolfsburgo que já jogou no FC Porto, vai para o Atlético Madrid. Um grande reforço para a fabulosa equipa de Simeone!

21:21 [Itália] O médio brasileiro Ibson está de saída do Corinthians, a caminho do Bolonha.

21:15 [Itália] Victor Obinna, do Lokomotiv Moscovo, assina pelo Chievo Verona, a título de empréstimo.

21:11 – [Itália] Rumores dizem que a Juventus ainda não desistiu de Nani, do Manchester United. Parece que o Inter também poderá estar na corrida.

21:01 – [França] Berbatov irá jogar no Monaco! [Fonte: MailOnline Sport]

21:00 – [Inglaterra] O Arsenal ainda tenta um último esforço por Miroslav Klose, da Lazio.

20:05 – [Inglaterra] O avançado Federico Macheda irá jogar no Birmingham, por empréstimo do Manchester United.

19:52 – [Itália] O defesa brasileiro Rafael Tolói foi oficializado com reforço da Roma por empréstimo do São Paulo, até Junho.

F1 2014 #2

Capturar

Depois de terminados os primeiros testes (não oficiais) da temporada de F1, surgem os primeiros resultados para análise das equipas, uma vez que os carros ainda requerem a afinação perfeita para cada piloto.

Parece que a Mercedes volta a prometer, e apresentou-se aqui com o carro mais fiável, pelo menos o que conseguiu o maior número de voltas (e no primeiro dia Hamilton ainda conseguiu espetar-se). Já a RedBull actual detentora do título de construtores viu-se e desejou-se com os problemas que o carro foi dando ao longo dos quatro dias, ora ardeu o motor (Vettel), ou problemas mecânicos (Ricciardo e Vettel), até que hoje decidiram finalizar os testes mais cedo, arrumar as malinhas e ir para casa.

No geral a Ferrari parece que finalmente desde a era Schumacher, vai conseguir entrar com um carro bem preparado na nova época e prova disso são os indicadores mostrados nestes quatro dias, onde conseguiram uma afinação muito boa logo no primeiro dia de treinos, que permitiu a Raikkonen ser o mais rápido.

Nos restantes dias a MacLaren com Button e com Magnussen foi a mais rápida no 2º e 3º dia respectivamente e hoje a finalizar os testes, a Williams conseguiu o melhor tempo com Massa a mostrar tudo aquilo que ainda tem para dar.

Note-se que a Lotus foi a única equipa que não participou nestes testes não oficiais na pista de Jerez por considerar que “faria um melhor desenvolvimento e afinação do carro se não fosse imediatamente para a pista”.

Testes de Terça-Feira
1. Kimi Raikkonen, Ferrari, 1m 27.104s, 31 laps
2. Lewis Hamilton, Mercedes , 1m 27.820s, 18 laps
3. Valtteri Bottas, Williams, 1m 30.082s, 7 laps
4. Sergio Perez, Force India, 1m 33.161s, 11 laps
5. Jean-Eric Vergne, Toro Rosso, 1m 36.530s, 15 laps
6. Esteban Gutierrez, Sauber, 1m 42.257s, 7 laps
7. Sebastian Vettel , Red Bull, No time, 3 laps
8. Marcus Ericsson, Caterham, No time, 1 lap

Testes de Quarta-feira
1. Jenson Button, McLaren, 1m 24.165s, 43 laps
2. Kimi Raikkonen, Ferrari, 1m 24.812s, 47 laps
3. Valtteri Bottas, Williams, 1m 25.344s, 35 laps
4. Nico Rosberg, Mercedes, 1m 25.588s, 97 laps
5. Sergio Perez, Force India, 1m 28.376s, 37 laps
6. Esteban Gutierrez, Sauber, 1m 33.270s, 53 laps
7. Marcus Ericsson, Caterham, 1m 37.975s, 11 laps
8. Sebastian Vettel, Red Bull, 1m 38.320s, 8 laps

Testes de Quinta-Feira
1. Kevin Magnussen, McLaren, 1m 23.276s, 52 laps
2. Felipe Massa, Williams, 1m 23.700s, 47 laps
3. Lewis Hamilton, Mercedes, 1m 23.952s, 62 laps
4. Jenson Button, McLaren, 1m 25.030s, 40 laps
5. Fernando Alonso, Ferrari, 1m 25.495s, 58 laps
6. Nico Hulkenberg, Force India, 1m 26.096s, 17 laps
7. Jean-Eric Vergne, Toro Rosso, 1m 29.915s, 30 laps
8. Adrian Sutil, Sauber, 1m 30.161s, 34 laps
9. Robin Frijns, Caterham, No time, 10 laps
10. Max Chilton, Marussia, No time, 5 laps
11. Daniel Ricciardo, Red Bull, No time, 3 laps

Testes de Sexta-Feira
1. Felipe Massa, Williams, 1m 28.229s, 86 laps
2. Fernando Alonso, Ferrari, 1m 29.145s, 115 laps
3. Daniel Juncadella, Force India, 1m 29.457s, 81 laps
4. Kevin Magnussen, McLaren, 1m 30.806s, 110 laps
5. Lewis Hamilton, Mercedes, 1m 30.822s, 41 laps
6. Jules Bianchi, Marussia, 1m 32.222s, 25 laps
7. Adrian Sutil, Sauber, 1m 36.571s, 69 laps
8. Nico Rosberg, Mercedes, 1m 36.951s 91 laps
9. Kamui Kobayashi, Caterham, 1m 43.193s, 54 laps
10. Daniil Kvyat, Toro Rosso, 1m 44.016s, 9 laps
11. Daniel Ricciardo, Red Bull, 1m 45.374s, 7 laps

“Quem é vivo sempre aparece!”

Izmaylov na apresentação pelo novo clube, Gabala FC (Azerbaijão)

Izmaylov na apresentação pelo novo clube, Gabala FC (Azerbaijão)

Já diz o ditado e confirma-se que é verdade! Oficialmente Izmaylov está apresentado como jogador do Gabala FC do Azerbaijão. O Porto lava as mãos deste assunto com um empréstimo até ao final da época, o que deve ser suficiente para evitar a especulação que se vinha fazendo sobre o paradeiro do Russo mais procurado de Portugal!

Mercado de Transferências #9

A 22 horas do mercado de transferências, agitam-se as águas do futebol mundial. Iremos acompanhar o último dia de mercado ao minuto, deixando aqui hoje as transferências que foram executadas nos últimos 4 dias:

nikica jelavic

1. Inglaterra – Confesso que esta transferência passou-me ao lado. O fantástico avançado Nikica Jelavic trocou o Everton pelo Hull a meio deste mês a troco de 7,7 milhões de euros. O internacional Croata apontou 16 golos em 44 jogos nos 2 anos em que alinhou no clube de Liverpool

2- França – O Romeno Aurelien Chitu trocou o Vitorul Constanta pelo Valenciennes por cerca de 800 mil euros. O jogador assinou e foi emprestado ao PAS Giannina da Liga Grega.

3- Suiça – O Basel contratou por empréstimo até ao final da temporada o defesa central checo Marek Suchy por empréstimo do Spartak de Moscovo.

4- Russia – O Terek Grozny contratou o experiente central Rodolfo (1 vez internacional brasileiro; já alinhou no Dinamo de Kiev e no Lokomotiv de Moscovo) ao Vasco da Gama, pagando 1,5 milhões de euros pela contratação do jogador de 31 anos.

5 – Espanha – O Rayo Vallecano anunciou a contratação do avançado de 22 anos Samuele Longo por empréstimo do Inter. O jogador alinhou no Hellas Verona na primeira metade da época, regressando a Espanha um ano depois de ter rodado no Espanyol. O Clube de Santa Maria de Vallecas também anunciou a contratação por empréstimo do jovem central Borja Lopez, jogador que pertencia aos quadros do Mónaco.

6- Itália – O latina contratou o experiente ponta-de-lança Michelle Paolucci ao Siena.

adel taarabt

7- Itália – O nº10 Adel Taarabt foi emprestado pelo Fulham ao Milan até ao final da temporada. Os milaneses tem opção de compra no final da temporada.

8- Suécia – O AIK Estocolmo contratou por empréstimo o internacional serraleonês Tetteh Bangura por empréstimo do Bursaspor até ao final da temporada.

9- Portugal – O FC Porto emprestou Mauro Caballero ao Penafiel até ao final da temporada. Caballero realizou 11 jogos na 2ª liga pelo FC Porto B.

10 – Itália – Depois de ter vendido Alessandro Diamanti aos chineses do Guangzhou Evergrande, o Bologna contratou o avançado Daniele Paponi, jogador que alinhava na MLS ao serviço do Montreal Impact.

11 – Ucrânia – O Metalurg Donetsk contratou o argentino Luis Acuña ao Barnechea da Liga Chilena.

12 – Áustria – O Austria de Viena, actual campeão austríaco em título contratou Ola Kamara ao SV Ried da liga austríaca. O avançado norueguês (de ascendência da Serra Leoa) custou 1,3 milhões de euros aos cofres do clube da capital.

13 – Turquia – O Kasimpasa emprestou o médio ofensivo Ozer Hurmaci ao Trabzonspor até ao final da temporada.

14 – Itália – O Parma emprestou o ala esquerdo argelino Djamel Mesbah ao Livorno até ao final da presente temporada.

15 – Itália – O Chievo garantiu a contratação do médio Leandro Paredes ao Boca Juniores até ao final da temporada.

guedes

16 – Espanha – Alexandre Guedes e Tobias Figueiredo são jogadores do Réus, equipa catalã que disputa o campeonato da 2ª divisão B espanhola. O primeiro é cedido pelo Sporting a título definitivo num momento em que se encontrava a 6 meses de terminar contrato com a equipa leonina e se especulava que o Benfica poderia ter um pré-acordo com o jogador. O Sporting reservou 40% do valor de uma transferência futura. O segundo segue para a equipa espanhola por empréstimo até ao final da temporada.

17 – Bélgica – O Sporting também anunciou o empréstimo do central Nuno Reis ao Cercle de Brugge até ao final da temporada, com direito de compra por parte dos Belgas fixado em 500 mil euros mais 50% das mais-valias obtidas numa futura transferência.

18 – Alemanha – O Hannover 96 contratou o internacional checo Frantisek Rajtoral por empréstimo do Viktoria Plzen até ao final da época.

19 – Espanha – O Espanyol emprestou o esquerdino Sergio Tejera ao Alavés por empréstimo.

scocco

20 –  Inglaterra – O Sunderland de Gus Poyet contratou o fantástico ponta-de-lança Ignazio Scocco ao Internacional de Porto Alegre por 3,66 milhões de euros. Scocco foi o melhor marcador do campeonato argentino na época passada ao serviço do Newells Old Boys. O Inter também pretendia os seus serviços.

21 – Suiça – O Lugano contratou o esloveno Dino Martovic por empréstimo do Hellas Verona até ao final da temporada.

22 – Itália – A família Pozzo rodou mais um jogador. O argelino Hassan Yebda (ex-Benfica) transferiu-se do Granada para a Udinese, dois clubes pertencentes a Vittorio Pozzo.

stojkovic

23 – Grécia – Outro antigo jogador de um grande do futebol nacional (Vladimir Stojkovic) transferiu-se nos últimos dias. O internacional sérvio abandonou o Partizan, transferindo-se a custo zero para o Ergotelis da Liga Grega.

24 – Espanha – O Deportivo adquiriu o defesa de 33 anos Alberto Lopo em definitivo ao Getafe. A equipa galega também conseguiu o concurso do costa-marfinense Ibrahim Sissoko ao Wolfsburg.

25 – Portugal – Investidores italianos, treinador italiano, director-desportivo italiano, jogadores italianos – O clube aveirense pescou dois atletas em Itália: o lateral Manuel Daffara, jogador que vem do Perúgia e Andrea Cocco, avançado que vem por empréstimo do Hellas Verona depois desta equipa o ter emprestado na primeira metade da época à Reggina. O clube aveirense também contratou Luis Pimenta ao Lausanne-Sport da Suiça.

26 – Espanha – A Académica dispensou o camaronês Serge N´Gal que por sua vez vai procurar jogar nas divisões secundárias do futebol espanhol no La Roda.

27 – Noruega – O Brann Berger contratou o central Norueguês Vadim Demidov ao Anzhi a custo zero.

28 – Itália – O Parma anunciou a contratação do defesa-esquerdo Cristian Molinaro, jogador de 30 anos que alinhava no Estugarda da Alemanha. O jogador desvinculou-se da equipa alemã.

29 – Itália – O Torino contratou por empréstimo até ao final da temporada o esloveno Jasmin Kurtic ao Sassuolo. O Sassuolo recebe o médio-direito Matteo Brighi da equipa Torinese em definitivo.

30 – Itália – O Livorno contratou o avançado Danny Hoesen ao Ajax. Os valores da transferência não foram divulgados.

31 – Itália – O Cagliari recebeu por empréstimo o uruguaio Matias Vecino por empréstimo da Fiorentina.

Bruma 2

32 – Turquia – A viver a sua vida linda, num país lindo, num clube lindo, mesmo lesionado, Bruma continuou a viver lindo e a encher os cofres ao lindo Bebiano Gomes ao aceitar ser emprestado a um clube com um nome lindo (Gaziantespor) até ao final da época para que o Galatasaray possa adicionar mais um estrangeiro até ao final desta janela de transferências. Albert Riera rescindiu contrato com o clube turco para o mesmo efeito. Espera-se que o Galatasaray tente pescar algum nome sonante até ao final do dia de hoje, podendo esse jogador ser Oscar Cardozo.

Jojic

33 – Alemanha – Dortmund e Partizan chegaram a acordo quanto à transferência do médio ofensivo de 21 anos Milos Jojic. Com o Leverkusen na peugada do internacional sub-21 pela sérvia, a equipa da Vestefália pagou 2 milhões de euros pelo passe do jogador.

34 – Portugal – Mal amado em Arouca, Paulo Sérgio rescindiu com a equipa do distrito de Aveiro e assinou pela Olhanense. Regressa a Olhão.

35 – Itália – O Parma contratou o médio Nicola Cosentini, médio que alinhava no Tauras da Lituânia.

36 – França – O Nantes confirmou a contratação do central dinamarquês Kiam Hansen ao Esberg por 1,2 milhões de euros.

37 – Itália – O guineense Amadou Samb trocou o Chievo pelo Hellas Verona.

38 – Brasil – O Atletico Paranaense contratou o Uruguaio Lucas Olaza ao River Plate do Uruguai por empréstimo de 1 ano. O clube do estado do Paraná anunciou a dispensa do uruguaio Marcelo Palau, jogador que ruma ao Guarani do Paraguai e a contratação de Elias, jogador de 30 anos que vem do Ponte Preta.

39 – Estados Unidos – Aos 34 anos, o antigo internacional mexicano Bofo Bautista vive mais uma experiência na sua longa carreira. Depois de uma carreira percorrida em vários clubes mexicanos (Morelia, Pachuca, Chivas e Jaguares) o avançado irá viver a sua primeira experiência no estrangeiro depois de ter assinado pelo Chivas USA, equipa da MLS afiliada do Chivas mexicano.

40 – Uruguai – Quem regressa a casa depois de muitos anos na europa é Javier Chevantón, antigo internacional uruguaio de 33 anos. Depois de passagens pelo Lecce, Mónaco, Sevilla, Atalanta, Colón e Queens Park Rangers, Chevantón assinou pelo Liverpool de Montevideu.

41 – Itália – Depois de ter contratado Abner ao Coritiba e de ter cancelado a contratação de Tony Sanabria (o antigo junior do Barcelona foi parar ao Sassuolo) a Roma continua a preparar o futuro ao contratar o sueco (dupla nacionalidade Albanesa) Valmir Berisha, internacional sub-19 pela Suécia ao Halmstads por cerca de 2 milhões de euros. Berisha irá jogar nos sub-18 da Roma. A Roma também anunciou a contratação do jovem Petar Golubovic, internacional sub-21 pela sérvia ao OFK Beograd por cerca de 700 mil euros.

42 – Espanha – O avançado Paraguaio foi emprestado pela Udinese ao Osasuna até ao final da temporada. Estava emprestado pela Udinese ao satélite inglês, o Watford.

43 – Inglaterra – O luso-descendente Yannick Barros (internacional pelo luxemburgo; jogou em Coimbra contra a selecção portuguesa) assinou pelo Bolton. O jogador alinhava no modesto Differdange do campeonato luxemburguês.

44 – Portugal – O Rio Ave emprestou o lateral-esquerdo André Dias ao União da Madeira.

gunther

45 – Turquia – Galatasaray e Dortmund acordaram a transferência do internacional sub-19 pela Alemanha Koray Gunther para o clube turco por cerca de 2,5 milhões de euros. Gunther tem nacionalidade turca.

46 – Inglaterra – O Birmingham conseguiu por empréstimo o galês Emir Huws do Manchester City.

47 – Suiça – O FC Thun adquiriu o médio Adrian Nikci por empréstimo do Hannover 96.

48 – Polónia – O Légia de Varsóvia contratou o internacional sub-20 pelo Egipto Mohammed Essam, jogador que estava sem clube.

49 – Suiça – O Servette contratou o médio-direito internacional suiço Xavier Margairaz a custo zero. O jogador rescindiu com o Sion no final do ano 2013.

max gradel

50 – Inglaterra – O West Ham contratou o extremo Max Gradel ao Saint-Ettiène. Os Hammers pagaram 3 milhões de euros pelo passe do jogador de 26 anos. O internacional costa-marfinense volta ao futebol inglês alguns anos depois de ter alinhado no Leeds United, clube do qual saiu para a ligue 1. Leeds e Hull também tinham feito propostas pelo jogador.

rondon

51 – Rússia – Uma das transferências mais sonantes do dia de ontem: o Zenit pagou 11 milhões de euros ao Rubin Kazan pelo passe do avançado internacional venezuelano de 24 anos José Salomon Rondón. Rondón colmata o défice de avançados sentido por Luciano Spalletti no clube de São Petersburgo.

52 – Espanha – O Bétis contratou por empréstimo do Sunderland o franco-senegalês Alfred N´Diaye por empréstimo do Sunderland.

zouma

53 – Inglaterra – Com dinheiro no bolso em virtude das fantásticas vendas de De Bruyne e Juan Mata, José Mourinho e Roman Abrahamovic continuam a reforçar-se com o bom e o melhor que existe na Europa. A direcção do Chelsea confirmou há algumas horas atrás a contratação do defesa-central Kurt Zouma, jogador que já era há muito pretendido pelos Blues. O clube de Stamford Bridge irá pagar 14,25 milhões de euros pelo passe do jovem central do Saint-Ettiène, possível convocável de Didier Deschamps para o próximo campeonato do mundo. Aí está por decifrar se o central se manterá ou não no clube francês até ao final da época por empréstimo dos Blues. A contratação de Zouma levou a que a imprensa inglesa noticiasse a possibilidade de John Terry por um fim na carreira no final da época.

Canales

54 – Espanha – Valência e Real Sociedad concordaram a transferência do médio ofensivo Sérgio Canalés dos chés para o clube basco. Canales será jogador da Real Sociedad até Junho de 2018 a troco de 3,5 milhões de euros por 70% do passe.

55 – Japão – O Kashima Reysol contratou Leandro ao Al-Saad.

Obraniak

56 – Alemanha – O Werder Bremen contratou o internacional polaco Ludovic Obraniak ao Bordéus por 2 milhões de euros. O clube da Bundesliga também anunciou a contratação de Fin Bartels, jogador de 26 anos do St Pauli.

Postiga

57 – Itália – O Orelhas de Burro é um sortudo, não joga peido, não marca golos mas tem bons padrinhos no futebol. Vai jogar na Lazio de Roma até ao final da época por empréstimo do Valência.

58 – Dinamarca – O ganês Francis Dickoh assinou pelo Mitjyland da liga dinamarquesa depois de ter rescindido com o Cercle de Brugge.

andres guardado

59 – Alemanha – O Valência continuou o desmantelamento da sua actual equipa (devido aos maus resultados) ao emprestar o internacional mexicano Andrés Guardado ao Bayer Leverkusen até ao final da época. Os Alemães tem opção de compra no final da temporada.

seydou keita

60 – Espanha – O clube valenciano anunciou hoje a contratação do maliano Seydou Keita aos chineses do Dalian Aerbin. O internacional maliano de 34 que brilhou no passado em Sevilla e Barcelona vem para o Valência a custo zero.

61 – Áustria – O Redbull Salzburg contratou o lateral-direito internacional dinamarquês Peter Ankersen ao Esberg por 2,5 milhões de euros, o jovem asger sorensen ao Mitjylland e o internacional pelo benim Jordel Doussou ao Club Africain da Tunísia por 400 mil euros.

marat

62 – Azerbaijão – O joelho podre já foi encontrado. Foi a penantes até ao Azerbaijão nos 4 meses em que andou desaparecido e já ficou por lá. Vai jogar numa equipa chamada Qaabala e no fundo, daqui a uns meses vai começar a falar que o departamento médico do Porto fez tudo para o meter numa Qaabala.

63 – Estados Unidos – o luso-descendente Vincent Nogueira vai jogar no Philadelphia Union. O centrocampista representava o Sochaux.

64 – Itália – O Cagliari contratou por empréstimo o guarda-redes de 22 anos Marco Silvestri ao Chievo.

65 – Alemanha – O Arminia Biefeld da 2ª liga alemã contratou Vujadin Savic ao Bordéus por empréstimo.

66 – Inglaterra – O filho de Paul Ince (Tom Ince) foi emprestado pelo Blackpool ao Crystal Palace até ao final da temporada.

67 – Alemanha – O Estugarda contratou o médio de 18 anos Carlos Gruezo ao Barcelona de Guayaquil do Equador por 1,5 milhões de euros.

68 – Grécia – O Ergotelis contratou por empréstimo o jovem avançado italiano de 19 anos Gaetano Monachello por empréstimo do Mónaco.

valdez

69 – Grécia – Mais uma fichinha mais uma voltinha. O Olympiacos anunciou há algumas horas atrás a contratação por empréstimo do internacional paraguaio Nelson Haedo Valdez ao Al-Jazira dos Emirados Árabes Unidos. Aos 30 anos, o paraguaio conhece o seu 6º clube na europa depois de ter alinhado no Werder Bremen, Borússia de Dortmund, Hércules, Rubin Kazan e Valência.

70 – França – O antigo jogador do Sporting Sebastian Ribas foi emprestado ao Strasbourg da 2ª liga francesa pelo Génova. No ano 2013 alinhou pelo Barcelona de Guayaquil do Equador.

71 – Espanha – O Malága assegurou a contratação por empréstimo do internacional ucraniano Oleksandr Yakovenko por empréstimo da Fiorentina.

72 – Holanda – O NEC Nijmegen contratou o internacional dinamarquês Lasse Nielsen ao Aalborg por 600 mil euros.

73 – Dinamarca – O Viborg contratou por empréstimo o internacional Lituâno Emilius Zubas por empréstimo do Daugava Riga da Letónia.

74 – Itália – O ganês Ahmed Barusso trocou o Genoa pelo Torino.

hugo vieira

75 – Portugal – Hugo Vieira regressa a Barcelos para representar o Gil Vicente até ao final da presente temporada por empréstimo do Braga.

76 – Portugal – O Arouca contratou o espanhol Ustaritz ao Dinamo de Tiblissi. O defesa central de 30 anos alinhou durante várias épocas no Athletic de Bilbao.

77 – Inglaterra – O cardiff City de Ole Gunnar Solskjaer já começou a preparar a próxima temporada ao contratar o trinco internacional venezuelano de 25 anos Tomas Rincon ao Hamburgo a custo zero. Rincon termina contrato com a equipa alemã no final da época, facto que permitiu assinar contrato com a equipa do País de Gales.

78 – Itália – O Bologna contratou o médio-centro de 28 anos Maicon ao São Paulo. O clube italiano pagou 2 milhões de euros ao clube brasileiro. O clube italiano anunciou a dispensa do bósnio Enis Nadarevic, jogador que irá continuar a sua carreira no Bari da Série B.

79 – Portugal – O Rio Ave contratou o guarda-redes Ventura ao Porto.

80 – Itália – Cagliari e Chievo Verona acordaram a cedência do guarda-redes Michael Agazzi ao clube de Verona numa transferência que permitiu ao Cagliari receber cerca de 3,5 milhões de euros.

abdennour

81 – França – O Mónaco contratou o central internacional tunisino Aymen Abdennour ao Toulouse numa transferência que custou 6 milhões de euros aos cofres da equipa monegasca.

parzyszek

82 – Inglaterra – Dado como certo pela imprensa portuguesa no Benfica, o internacional sub-21 polaco Piotr Parzyszek assinou contrato com o Charlton da 2ª divisão inglesa. Os valores pagos pela transferência do melhor marcador da 2ª liga holandesa ao De Graafschap não foram divulgados.

83 – Grécia – O adversário do Benfica na próxima ronda da Liga Europa (PAOK) contratou por empréstimo o defesa-central\esquerdo Juan Insurralde ao Spartak de Moscovo.

84 – Itália – O Sassuolo contratou o avançado Sergio Floccari à Lazio por 2,2 milhões de euros.

85 – Alemanha – O Eintracht Braunschweig contratou o jovem suiço Salim Khelifi ao Lausanne-Sport por 600 mil euros

Valor gasto nesta janela de transferências: 288 milhões e 455 mil euros

Ciclismo 2014 #6

Chris Horner 2

A Lampre confirmou ontem a contratação de Chris Horner como reforço para a época de 2014.

O ciclista Norte-Americano de 42 anos, antigo gregário de Lance Armstrong, vencedor da Geral da Vuelta em 2013 estava sem equipa para o presente ano. Palpitei aqui há uns dias o excelente custo de oportunidade que a contratação do ciclista traria aos objectivos traçados pelo nosso Rui Costa enquanto gregário do ciclista português na próxima edição do Tour. O estatuto obtido pelo quarentão na Vuelta obriga a que seja o líder da equipa na Vuelta. Horner também irá correr no Giro de Itália, estando ainda por clarificar o seu papel dentro da equipa italiana.

o que eu ando a ver #31

portugal 2

Fácil. Eficaz. Apuramento garantido para os quartos-de-final no primeiro jogo tal e qual aquilo que era antevisto. Cabe agora à nossa selecção de futsal vencer a Rússia no sábado para garantir o primeiro lugar, gorado o objectivo de golear a Holanda por 6 golos, tantos quanto o diferencial obtido pelos russos contra a referida selecção no jogo disputado na terça-feira.

João Matos abriu o marcador depois de uma fantástica combinação entre Ricardinho e Cardinal e de um fantástico trabalho individual de posto específico do pivot. O 2º apareceu antes do intervalo e a selecção orientada por Jorge Brás relaxou perante uma Holanda que me pareceu mais ofensiva e mais atrevida do que aquilo que demonstrou ser no jogo frente aos Russos. Na 2ª parte, Ricardinho trouxe ao de cima o seu brilhantismo técnico e com duas arrancadas fantásticas assistiu por 2 vezes os seus colegas e, literalmente, sentenciou a goleada.

Menos de 24 horas para fechar o mercado

Transferências confirmadas:

Élton Monteiro (Club Brugge) na Académica por empréstimo de ano e meio.
Seydou Keita (ex-Barcelona) confirmado no Valência.
Kurt Zouma (Saint-Etienne) no Chelsea por cerca de 15M€. No entanto, só veste as cores dos azuis de Londres a partir da próxima época.

Rumores:

Jake Livermore (Hull City, emprestado pelo Tottenham) poderá estar prestes a voltar ao Tottenham.
Toni Kroos (Bayern Munique) poderá concretizar uma transferência de última hora para o Manchester United.
Fernando (FC Porto) poderá estar de saída do FC Porto, a caminho do Manchester City.
Mangala (FC Porto) poderá ingressar no Manchester City. A RMC Sport avança que o FC Porto já terá aceitado uma proposta de 42M€ por Mangala.
Draxler (Schalke 04) ainda é aposta do Arsenal para este último dia, apesar dos rumores que dão conta do “não” de Arsene Wenger.

o que eu ando a ver #30

O novo San Mamés recebeu ontem a 2ª mão dos quartos-de-final da Copa do Rei de Espanha que colocou frente-a-frente, a equipa da casa, o Athletic de Bilbao, equipa até ontem invicta no seu novo reduto, e o Atlético de Madrid, equipa que vinha a Bilbao com a missão de defender a magra vantagem de 1-0 obtida no jogo da primeira mão na semana passada no Vicente Calderón.

Antes de relatar as incidências da partida, urge-me tecer duas notas gerais sobre as suas equipas:

1. O jogo de ontem provou mais uma vez a excelência do trabalho que Ernesto Valverde está fazer na equipa basca – apesar da derrota, é de louvar o futebol equilibrado e bonito que a equipa basca está a jogar esta época, futebol que está a dar os seus frutos na liga com o prodigioso 4º lugar que a equipa ocupa neste momento. Se o campeonato espanhol terminasse hoje, o Athletic estaria apurado para o playoff de acesso à Champions, objectivo que não deveria passar pela cabeça de ninguém dentro da sua estrutura profissional de futebol. Aproveitando um plantel com uma capacidade técnica bastante elevada, Valverde teve o mérito de dotar esta equipa de processos de jogo dos melhores que actualmente podemos observar pela europa.

2. No que diz respeito à equipa de Simeone, o jogo de ontem revelou mais uma vez a dificuldade que é vencer esta equipa na disposição estratégica com que esta se apresenta na presente temporada. Se defensivamente, o bloco baixo que a equipa apresenta é muito difícil de contornar pelos adversários na medida em que todos os jogadores do Atlético tem instruções específicas sobre as movimentações executadas pelos adversários de forma a não concederem espaço para que estes possam criar desequílibros, ofensivamente, esta equipa do Atlético de Madrid demonstra um cinismo nunca antes visto em equipas espanholas – o jogo de ontem foi prova disso: os jogadores do Atlético entregaram por completo as despesas do jogo aos homens de Bilbao durante os 90 minutos, sofreram golo, reagiram depois do golo, entraram fortes na 2ª parte, conseguiram o seu golo, voltaram a entregar as despesas do jogo à equipa de Bilbao e no cair do pano, quando a equipa do Athletic já jogava com o coração, desferiram a machadada final no jogo e na eliminatória.

As duas equipas entraram no San Mamés com os níveis anímicos em alta em virtude das vitórias gordas obtidas no passado fim-de-semana para a liga. No clássico regional, em Pamplona, o Athletic de Bilbao cilindrou o Osasuna por 5-1 num jogo que Ibai Gomez esteve novamente em alta. Ernesto Valverde haveria de deixar o melhor marcador da equipa basca no banco. Já o Atlético de Madrid apareceu em Bilbao moralizado pela vitória obtida por 4-2 sobre o Rayo Vallecano no Teresa Rivero, estádio situado em Vallecas (subúrbios de Madrid). Fruto da gestão de esforço que a equipa técnica está a realizar neste plantel (na antevisão da partida Simeone afirmou que a equipa técnica programou uma ligeira quebra de forma física para o mês de Janeiro de modo a poupar fisicamente os jogadores para a batalha que começa a meio do mês de Fevereiro – campeonato e champions) Diego Simeone poupou o turco Arda Turan da partida de Bilbao e realizou algumas poupanças ao colocar no onze da equipa para a partida Adrián e Cristian Rodriguez, jogadores que formaram o trio de ataque dos Colchoneros em conjunto com Diego Costa, este mais descaído para o flanco direito.

Cientes da rivalidade existente entre as duas equipas e, derivado do quezilento jogo da 1ª mão, desde cedo, os arreigados adeptos da equipa de Bilbao trataram de manifestar o seu apoio à sua equipa. Na antevisão da partida, Ernesto Valverde fez questão de agradecer e pedir o apoio dos adeptos ao seu conjunto para a partida, frisando porém que o apoio per si não garantia golos a uma equipa que tinha de marcar para poder eliminar o adversário em questão.

Aos 30 segundos o Atlético de Madrid poderia ter selado “meio apuramento” quando na jogada inicial, Diego Costa apareceu isolado na cara de Iago Herrerin numa desconcentração dos dois centrais do Athletic de Bilbao – Laporte, o único jogador não nascido no país basco espanhol ou nos territórios que são reclamados pelos movimentos independentistas bascos  (nascido no País Basco Francês) e Mikel San José, curiosamente um dos navarrenhos do plantel – que foi resolvida com uma espectacular parada do guarda-redes que já defendeu no passado as balizas da equipa B do Atlético de Madrid.

Na sua habitual disposição estratégica (pressionar alto de forma a conseguir interceptar bolas no meio-campo adversário; quando o adversário passa o meio-campo com bola, recuar o mais rapidamente possível para executar um esquema de defesa profunda) pode-se dizer que o Atlético de Madrid conseguiu conquistar a primeira vantagem sobre o conjunto de Bilbao ao conseguir travar o ímpeto inicial que decerto esperava da equipa de Valverde para os primeiros 15 minutos em jogo. O melhor que a equipa basca conseguiu nestes primeiros 15 minutos foi circular a bola no meio-campo e um cabeceamento inofensivo de Ander Herrera aos 5 minutos a cruzamento de Andoni Iraola. Com todo o jogo ofensivo da equipa a partir dos pés de Herrera, o Bilbao circulava bem a bola entre os eixos mas não conseguia arranjar forma de penetrar no último terço do terreno dos colchoneros. Só o conseguiu fazer nos minutos que antecederam o seu primeiro golo na partida, quando Iker Muniain, teoricamente mais descaído no flanco esquerdo, passou para o terço do terreno e funcionou como joker à entrada da área. A movimentação do jovem internacional espanhol durante a partida foi fantástica: fazendo jus às fortíssimas soluções de jogo que possui (forte no 1×1: fantástica visão de jogo a solicitar Mikel Balenziaga no flanco esquerdo e a dupla Iraola\Susaeta no flanco direito) Muniain foi um autêntico quebra cabeças que baralhou por completo as marcações realizadas pelos jogadores do Atlético de Madrid.

O jogo foi decorrendo com uma maior posse de bola para os bascos perante um inexistente Atlético de Madrid no plano ofensivo. Aos 27″, os jogadores do emblema basco reclamaram grande penalidade num lance em que Markel Susaeta, solicitado dentro da área com um passe longo de Iraola, foi estorvado por Emiliano Insúa (entrado aos 12 minutos para o lugar do lesionado Felipe Luis) quando se preparava para almejar a baliza defendida por Thibault Courtois. As repetições mostraram que o argentino não tocou no pé do extremo basco.

O cerco montou-se rapidamente junto à área dos madridistas. Aos 31″ Iker Muniain rematou à entrada da área para defesa fácil de Courtois. Segundos depois, o belga foi obrigado a sair a punhos fora da pequena área para evitar que Aduriz pudesse fazer o primeiro da partida. O público do San Mamés agitou-se. Lendo bem a situação de jogo, Simeone pediu à equipa que tivesse mais bola e subisse ligeiramente as linhas, facto que aos 37″ iria originar mais uma situação de perigo na área basca quando um canto permitiu a Raúl Garcia antecipar-se ao primeiro poste à marcação de Mikel Rico e ao seu estilo de cabeceador mortífero atirar ao poste contrário. A bola acabaria por sair ligeiramente ao lado da baliza de Iago Herrerin num lance em que logo que vi o cabeceamento disse “vai buscar”. Sem efeito.

4 minutos depois seria o Athletic a passar da ameaça à concretização. Tudo começou quando Iturraspe (autêntico cavalo de batalha no meio-campo) recuperou no miolo uma bola aliviada pela defesa do Atlético, endereçando-a para Muniain que, no alto da sua classe descobriu Mikel Balenziaga a subir pelo flanco. O lateral recebeu, olhou, centrou e no centro da área Aduriz agradeceu o excelente cruzamento do lateral, deixou Godin a esbracejar por falta e atirou para o fundo das redes de Thibault Courtois, deixando a assistência do belíssimo San Mamés em puro estado de euforia colectiva.

A equipa de Bilbao galvanizou-se com o golo. Empurrada pelos seus adeptos, procurou o 2º golo até ao final da primeira parte: aos 43″ Ander Herrera obrigou o belga a uma defesa monstruosa num remate na meia-lua e no seguimento do lance, Susaeta voltou a insistir com um cruzamento para uma cabeçada de Aduriz para nova defesa monstruosa de Courtois. Se havia nesta altura quem rezasse na bancada do San Mamés, no verdinho, os homens de Simeone bem poderiam montar o culto ao Deus que lhes tinha garantido ali meia passagem para o céu na competição.

Ao intervalo, pelos factos aqui descritos, a vantagem do Bilbao era justíssima.

No início da segunda parte, numa situação desconfortável na eliminatória, o cinismo do Atlético de Madrid viria ao de cima. Aos 47 minutos, numa jogada individual pelo flanco esquerdo que passou pela linha final, Diego Costa aproveitou o facto dos jogadores de Bilbao terem dado a bola como perdida para levar a sua avante e servir Adrián no centro para um remate para defesa de Herrerin. Canto batido. Diego Costa aparece ao 2º poste a cabecear de cima para baixo junto ao poste direito da baliza para uma defesa espectacular de Herrerin. À 4ª é de vez. 53″ livre para o Atlético no meio-campo do Athletic a assinalar falta de Mikel San José sobre Adrián num lance em que o avançado poderia ficar na cara de Herrerin. Mais uma vez a equipa de Simeone provou trabalhar bem as bolas paradas, departamento do jogo que já lhe tinha dado a vitória no Estádio do Dragão com o lance executado por Koke e Arda Turan, o turco que sabe tudo de bola. Bola cobrada por Koke para área onde aparece Miranda ligeiramente descaído à esquerda, solto de marcação a amortecer a bola para o coração da área onde apareceu Raúl Garcia a rematar para nova defesa de Herrerin. O ressalto fez a bola tender para o flanco esquerdo para os pés de Cristian Rodriguez que de primeira bombeou a bola precisamente para o sítio onde estava o centrocampista espanhol que desta vez num remate enrolado não perdoou e estabeleceu o empate na partida. O Athletic de Bilbao precisava agora de 2 golos para poder vencer a eliminatória.

Os bascos voltaram a provar de que matéria são feitos ao lançar-se novamente no ataque à baliza de Courtois. Em frente na eliminatória, os colchoneros voltaram a recolher-se na matéria que será estudo de caso no futebol mundial dentro de alguns anos, a sua fantástica organização defensiva.

Aos 61″ Markel Susaeta colocou uma bola na área. Aduriz fez-se ao lance, arrastou consigo Godin mas deixou a bola passar para um desmarcado Mikel Rico que não conseguiu mais do que bater a bola com a coxa precisamente para Aduriz. O antigo avançado do Valência haveria de atirar contra o corpo do inevitável Courtois. Nesta fase do jogo, Insua estava a dar muito espaço para Susaeta aplicar o seu fortíssimo 1×1. Aos 65″ Valverde lança no terreno de jogo Ibai Gomez em troca por Mikel Rico. Muniain passou para o centro do terreno no apoio directo a Aduriz. Aos 66″ Susaeta dispôs de um livre em zona frontal, atirando rasteiro ao lado da baliza de Courtois. Conseguindo circular bem a bola no ataque, não conseguindo penetrar na muralha defensiva formada pela equipa madrilena depois do golo do empate, acabaria por vir o desgaste físico e anímico para os bascos. Mais um ponto a favor do Atlético. A equipa de Bilbao cansou-se de circular bola e tentou aplicar um jogo mais directo para área, jogo esse onde os centrais do Atlético (Godin e Miranda) se sentem como peixes na água visto que tem experiência acumulada na presente temporada na defesa desse tipo de processos de jogo.

Aos 70″ Ander Herrera recebe descaído à direita, consegue livrar-se da pressão de dois adversários e atira para mais uma defesa de Courtois, desta vez para a frente. No banco da equipa basca, Valverde quase vai à loucura. Passados 2 minutos volta a mexer na equipa com a entrada de Kike Sola para a saída de Markel Susaeta. Muniain vai ocupar o flanco direito. Se esteve com atenção a este longo testamento, perceberá que com a deslocação de Muniain para a direita, o Athletic perdeu toda a sua força ofensiva. Aos 76″ Valverde ainda haveria de lançar Beñat para o lugar de Ander Herrena de forma a refrescar o meio-campo da equipa.

diego costa

Diego Costa que até ali só tinha provocado quezílias em 2 disputas de bola, uma com Mikel Balenziaga e outra com Aymeric Laporte, decidiu aparecer na partida. Bastante apupado pelo público afecto aos visitados, tratou de fazer jus ao cínico futebol que é neste momento o cartão-de-visita dos comandados de Simeone quando aos 85″ recebeu isolado um passe a rasgar de Koke detrás do meio-campo (Mikel San José tentou montar uma situação de fora-de-jogo ao brasileiro naturalizado espanhol, acabando por ser apanhado no fantástico sentido posicional do pichichi do Atlético) e com a classe que lhe é reconhecida avançou para a área, fintou Iago Herrerin e com um toque subtil para o fundo das redes sentenciou a vitória dos colchoneros no até ontem invicto reduto do Athletic de Bilbao.

“greve no Racing de Santander vs Real Sociedad”

racing de santander

El Sardiñero, Santander. 2ª mão dos quartos-de-final da Copa Del Rey. Durante a semana, os jogadores do histórico emblema da província da Cantábria, agora na 2ª divisão B Espanhola, pediram a demissão do presidente do clube devido à existência de salários em atraso e das promessas incumpridas pelo referido dirigente. Conforme prometido, fizeram greve ao jogo de hoje frente à Real Sociedad. Uniram-se no círculo do terreno e depois sentaram-se. O árbitro da partida declarou não existirem condições para o jogo se disputar e suspendeu-o.

“Com a honra não se joga”, escreve a Marca. O título é ilustrativo da dignidade sentida na pele por quem trabalha e necessita da remuneração decorrente do seu suor para se sustentar a si e à sua família. Os jogadores do Racing de Santander deram hoje uma preciosa lição a um mundo em que alguns dirigentes teimam em assumir vícios demasiado caros para as possibilidades dos clubes que dirigem.

Bidone D´oro #11

1. Gonzalo Higuaín redimiu-se do falhanço cometido no sábado para o jogo do campeonato. O Napoli segue em frente na Taça de Itália. Nas meias-finais da prova estarão Fiorentina, Roma, Napoli e Udinese.

2. Em Firenze, a apresentação de Anderson descambou para o torto. Os jornalistas interrogaram o jogador a propósito do nome que irá envergar na camisola (Andow) e das suas escolhas sexuais (ver o vídeo) indiciando que o brasileiro é gay…

verdade verdadinha

recreio de agueda

lembro-me perfeitamente das discussões que tive na altura com o meu pai em virtude da descida do clube do concelho do qual sou originário. O Recreio Desportivo de Águeda viria a subir à 3ª divisão nacional na época seguinte, mas depois desta descida nunca mais seria o mesmo clube. Creio até que depois desta descida só viria a ter uma direcção (de factum) eleita ao cabo destes 9 anos.

O que eu ando a ver #29

sasa babic

No jogo inaugural do grupo D do torneio aconteceu a primeira surpresa da competição com a tetra-campeã europeia em título, a Espanha, a empatar surpreendentemente frente à Croácia.

Com uma selecção praticamente renovada, a selecção espanhola aparece neste europeu com a ambição compatível com o seu estatuto: manter-se invicta na prova, facto que acontece há 8 anos (a última derrota da selecção espanhola nos 40 minutos regulamentares de jogo foi frente à Itália em 2005) e levar para casa o 5º troféu consecutivo. Do outro lado estava a Croácia, selecção ascendente no cenário internacional do futsal, selecção que há 2 anos atrás no Europeu realizado em casa (Dubrovnik) conseguiu atingir de forma surpreendente as meias-finais da prova.

O último confronto realizado entre estas selecções foi em Março de 2013 num amigável disputado em Espanha com vitória da selecção espanhola por 10-0.

A Selecção Espanhola apresentou-se em campo para um jogo onde se previa um goleada frente à jovem selecção croata. Coube portanto aos croatas desde início apresentar um jogo que modificasse ligeiramente as previsões feitas para a partida. A selecção croata entrou muito bem no jogo com 4 remates seguidos nos primeiros 4 minutos do seu maior portento técnico, o ala Dario Marinovic, bota de ouro do último europeu. Aproveitando a falta de soluções manifestada pelos jogadores espanhóis no ataque (durante a primeira parte a equipa espanhol não conseguiu fazer mais do que uma circulação de bola estática e despejar bolas para o seu pivot Fernandão) os croatas defenderam de forma muito organizada, não permitindo que os espanhóis pudessem criar desequilíbrios de maior no seu meio-campo. A organização defensiva permitia aos croatas sair em rápidos contra-ataques e criar perigo na baliza defendida por Rafa. Prova disso foi quando aos 7″, Franko Jelovcic conseguiu interceptar uma bola no seu meio, galgou o campo inteiro com bola e rematou para defesa apertada do guardião espanhol.

Nesta primeira metade da 1ª parte, a Espanha limitava-se a tentar despejar bolas para Fernandão. O brasileiro naturalizado espanhol nunca conseguiu executar o seu forte movimento de rotação com bola de forma a almejar a baliza de Jukic. Quando solicitado, o guarda-redes croata respondia sempre com brilhantes paradas aos remates dos jogadores espanhóis. Prova disso foi quando aos 8″ saiu aos pés de Fernandão numa jogada em que o pivot já se encontrava isolado e pronto para inaugurar o marcador. Jukic fez uma grande exibição, falhando apenas no 3º golo da Espanha.

Quando podia lançar o seu contra-ataque, a Croácia ia colocando perigo à baliza de Rafa. Até que aos 9″ do primeiro tempo, Sasa Babic aproveitou uma bola que caiu na área rechaçada por Rafa (após mais um lance individual em contra-ataque de Jelovcic) para causar a primeira surpresa do dia.

Sem grandes soluções ofensivas, a Espanha só conseguiu responder 6 minutos depois quando numa reposição de bola na quadra, o fixo Aicardo rematou de meia-distância para o golo do empate. A Espanha tratou de estender a sua típica pressão a todo o terreno. Segundos depois do golo do empate, num lance mais ou menos igual ao que tinha dado o golo do empate aos espanhóis, o mesmo Aicardo esteve muito perto de colocar a espanha em vantagem.

Segunda surpresa. Mostrando uma estupenda, segura e confiante circulação de bola perante a pressão alta da selecção espanhola, os Croatas haveriam de surpreender mais uma vez: Sérgio Losano tenta um 1×1 na ala direita, perde a bola para Marinovic, o ala croata monta a transição em contra-ataque e depois roda a bola para o flanco esquerdo onde aparece Franco Jelovcic a rematar para o fundo das redes da baliza espanhola. A poucos segundos do fim, a Croácia poderia conseguido o 3º golo por intermédio de Novak. Numa transição, o jogador croata consegue ultrapassar um jogador na esquerda para depois flectir ao centro do terreno para aplicar um poderoso remate que saiu a milímetros da baliza de Rafa. A Espanha estava a pagar caro a falta de soluções ofensivas. Ao intervalo, a Croácia era uma justa vencedora pela organização defensiva que demonstrou, pela fantástica circulação de bola que apresentou e pelo veneno que conseguiu espalhar sempre que saiu em contra-ataque.

Na 2ª parte, a selecção espanhola entrou com uma dinâmica diferente. Os jogadores espanhóis usaram e abusaram dos passes e corte e da troca de posições entre os 4 homens de campo. No início da 2ª parte, Fernando largou a posição fixa à entrada da área, envolvendo-se mais no esquema de circulação da equipa.

Preciosismo ao não, facto a que não estamos habituados no nosso futsal, a primeira falta da partida só viria à passagem do minuto 22.

A Espanha foi montando o cerco à baliza croata no início desta segunda parte como de resto lhe competia como selecção “mais que favorita” à vitória na mesma. Primeiro foi o capitão Jordi Torras a tentar duas vezes a sua sorte do meio da rua, ou como quem diz, do meio-campo. A Croácia já não conseguia sair com tanta facilidade, e como tal, ia cometendo erros. Aos 3″ o guarda-redes Jukic não foi lesto a recolocar a bola em jogo. Livre à entrada da área. Torras atirou com força ao poste depois do guarda-redes ainda ter tocado na bola. Aos 6″, depois de mais um erro básico da modalidade (o último jogador croata tentou sair com bola através de 1×1) a bola foi parar aos pés de Lin que tratou de capitalizar o erro da selecção balcânica.

Os croatas mal tiveram tempo para assimilar o 2-2: um jogador espanhol remata para defesa incompleta de Jukic (penso que poderia ter feito muito mais neste lance) e no ressalto para o lado esquerdo da sua baliza, Lin aparece e com uma rotação magnífica sobre um defensor vai para o lado fechado e atira de bandeira para dentro da baliza defendida por Jukic. Sem conseguir funcionar como um colectivo, a Espanha estava em vantagem fruto de um bom trabalho individual do ala que representa o Barcelona.

Nos minutos que se seguiram ao 3º golo espanhol, o jogo entrou numa fase mais descaracterizada, pese embora a avidez com que os espanhóis se lançaram em busca do 4º golo. A Croácia já não demonstrava nesta altura a mesma segurança e resiliência demonstrada na primeira parte na posse e circulação de bola. Nesta fase da partida, destaque apenas para dois toques de calcanhar que poderiam ter resultado em golo: em dois lances exactamente iguais (passes a rasgar para a entrada da área) tanto Marinovic como Aicardo tentar dois bonitinhos sobre os guarda-redes rivais. O primeiro acabaria por sair pela linha final enquanto o segundo motivou Jokic a uma fantástica defesa por instinto com o braço.

Quando pouco havia a perder, o seleccionador croata Mato Stankovic decidiu arriscar e colocar em campo o guarda-redes avançados. O 5×4 seria efectivo logo no primeiro lance: uma troca de bolas entre alas permite o remate à baliza de Juanjo e o guarda-redes espanhol faz uma defesa incompleta para a entrada da área, terreno onde, vindo de trás, aparece Matija Capar (guarda-redes avançado) a antecipar-se a dois jogadores espanhóis para fazer o 3-3 final. A 12 segundos do final, Sérgio Lozano ainda enviou com estrondo à barra de Jukic um potentíssimo remate que poderia ter sentenciado a vitória espanhol

Premio justíssimo para o que a selecção croata que em Antuérpia provou que as selecções menos cotadas na prova já mostram uma evolução na modalidade muito satisfatória e que no futsal já não existem vitórias antecipadas.

+ 2 notas de destaque:

1 – A derrota da selecção da casa frente à Roménia por 6-1 numa partida em que os romenos aproveitaram literalmente todas as oportunidades que criaram.

2- As declarações do seleccionador nacional  Jorge Braz ao site da UEFA na antevisão da estreia de Portugal na prova, amanhã frente à Holanda, jogo que terá o seu início às 19:45 (transmissão Eurosport)

Ciclismo 2014 #5

Nairo Quintana

Nairo Quintana não irá correr o Tour em 2014. Eusébio Unzué continua a arte de destruir carreiras em prol do seu menino de ouro Alejandro Valverde. A decisão foi apresentada ontem pelo Director Desportivo da equipa espanhola:

“Pessoalmente, não acredito que levar o Nairo com a sua idade a este Tour, com a pressão de melhorar o que fez no ano passado, seja o mais interessante para a sua progressão. Prefiro que na fase de formação em que está conheça o Giro, porque pensamos que pode ser uma corrida interessantíssima para melhorar em muitos aspetos e na qual, pela primeira vez, vai assumir a liderança da equipa. O Alejandro dá-nos garantias de ter um líder sólido no Tour. Tem toda a nossa confiança, por aquilo que ganhou. No ano passado, demonstrou que, sem a avaria, podia ter estado no pódio.”

Como não poderia deixar de ser… A liderança sólida de Alejandro Valverde dura por norma até à 7ª etapa. Depois fura ou cai ou não se consegue posicionar no pelotão numa etapa de abanicos, arrasta com ele a equipa e apanham todos 8 minutos. Tenho dito e volto a dizer: já o foi com Rui Costa, já previa que este cenário ocorresse com a continuidade do Colombiano na equipa – Enquanto Alejandro Valverde estiver na Movistar, Unzué irá apostar sempre em Valverde, facto que não permitirá à equipa ter um candidato ao Tour.

tiro no pé

“Os dirigentes têm de conseguir ter um equilíbrio emocional para que as declarações não sejam inflamatórias, sejam com um mínimo de responsabilidade para que realmente não despolete a violência e todo o tipo de situações que têm acontecido ao longo dos últimos tempos” – José Fontelas Gomes, APAF

Quando todo este discurso deveria valer em primeiro lugar para as prestações dos seus associados, aqueles que, agindo de forma irresponsável e impune, despoletam todo este circo. Quando pudermos assistir a uma jornada livre da influência da arbitragem no desfecho final dos jogos da liga, aí finalmente tudo deverá ter mudado.

Ciclismo 2014 #4

le tour

Ficou-se a saber hoje as 4 felizardas que conseguiram os wildcards disponibilizados pela organização do Tour para a prova de 2014. Entre as várias equipas da UCI Pro Continental que pediram wildcard para a maior prova do ciclismo mundial e para as provas organizadas pela ASO, entidade que organiza o Tour, Paris – Nice e Criterium Dauphiné, a  Suiça IAM, as francesas Cofidis e Bretagne e a Alemã Net-App dos portugueses Tiago Machado e José Mendes foram as equipas que tiveram a sorte de poder obter esse mesmo wild card. Os corredores Portugueses irão marcar presença na prova francesa visto que ambos estavam escalados para a provar caso a sua equipa obtivesse o direito a participar.

A escolha destas equipas tem a sua razão lógica: as francesas Cofidis e Bretagne foram escolhidas por critério de localidade (são as duas francesas do escalão minimamente competitivas para a prova em questão) enquanto as outras duas foram escolhidas pelo facto de serem as mais competitivas da divisão e, as equipas teoricamente candidatas a pedir licença de World Tour no próximo ano. A escolha destas 4 equipas irá permitir o acesso ao Tour a bons ciclistas que se encontram fora do “radar” World Tour como Heinrich Haussler, Gustav Larsson, Thomas Lokvist, Marcel Wyss, Sebastien Hinault, Sylvain Chavanel (IAM) David De La Cruz, Leopold Konig, José Mendes, Tiago Machado (Net-App) Brice e Romain Feillu (Bretagne) e Jerome Coppel, Christophe Le Mevel, Cyril Lemoine, Daniel Navarro, Rein Taaramae e Julien Simon por parte da Cofidis.

Convém também referir que a subida da Europcar para a World Tour permitiu a atribuição de 4 licenças em vez de 3. De fora ficaram a MTN-Qubeka e a Caja Rural, equipa agora liderada por Luis León Sanchez.

No que diz respeito às licenças para o Paris-Nice e Critério Du Dauphiné, a Net-App ficou de fora para a primeira prova, ficando de fora da licença a Bretagne para a segunda.

Apresentação:

Canondale:

Cannondale

2014 irá marcar o 2º ano de actividade da equipa formada pela marca de bicicletas depois da desistência da Liquigás enquanto patrocinador.

Localização: Sesto – Piemonte – Itália

Site: www.cannondaleprocycling.com

Director Desportivo: Biagio Conte

Chefes-de-fila: Ivan Basso, Peter Sagan,

Gregários de luxo\corredores de estatuto protegido: Maciej Bodnar, Moreno Mozer,

Contra-relógio: Cameron Wurf

Sprinters: Peter Sagan, Elia Viviani, Juraj Sagan (irmão de Peter Sagan)

Clássicas: Oscar Gatto,

Gregários: George Bennett, Guillaume Boivin, Damiano Caruso, Alessandro Di Marchi, Edward King, Kristian Koren, Paolo Longo Borghini, Alan Marangoni, Cristiano Salerno, José Sarmiento, Alberto Bettiol, Davide Formolo, Michel Koch, Mattias Krizek, Matej Mohoric, David Villela, Fabio Sabatini, Marco Marcato

ivan basso

Principais vitórias\conquistas em 2013:

  • 2 etapas no Tour de Oman (Peter Sagan)
  • Grande Prémio de Cittá di Camaiore (Peter Sagan)
  • Vitória na Strade Bianchi (Moreno Mozer)
  • 2 etapas na Tirreno-Adriático (Peter Sagan)
  • Clássica Gent-Welwegen (Peter Sagan)
  • 1 etapa no Tour de Panne (Peter Sagan)
  • Clássica Brabaantse Pijl (Peter Sagan)
  • 2 etapas na Volta à Califórnia (Peter Sagan)
  • 2 etapas no Critério Du Dauphiné (Elia Viviani e Alessandro Di Marchi)
  • 2 etapas na Volta à Suiça (Peter Sagan)
  • Campeonato Nacional da Polónia de Contra-relógio (Maciej Bodnar)
  • Campeonato Nacional da Dinamarca (Brian Vanborg – transferido)
  • Campeonato Nacional da Eslováquia (Peter Sagan)
  • Vitória em etapa no Tour (Peter Sagan)
  • Camisola dos Pontos no Tour (Peter Sagan)
  • Vitória na Geral no Tour de Elk Grove (Elia Viviani) com 2 etapas ganhas pelo ciclista.
  • 4 etapas no US Pro Cycling Challenge (Peter Sagan)
  • 3 etapas no Tour de Alberta (Peter Sagan, uma delas no prólogo)
  • 1 etapa na Volta à Espanha (Daniele Ratto)
  • 1 etapa na Volta à Grã-Bretanha (Elia Viviani)
  • Vitória no GP de Montreal (Peter Sagan)
  • Classificação por pontos na Volta à Suiça (Peter Sagan)
  • 2º lugar no Tour da Flandres (Peter Sagan)
  • 6º lugar nos campeonatos do Mundo (Peter Sagan)

Peter Sagan

Os objectivos da Cannondale para 2014 são muito fáceis de descrever: levar Basso à vitória no Giro, apesar da idade avançada do trepador e levar Peter Sagan a nova vitória na camisola dos pontos do Tour, a maior número de vitórias possíveis na prova francesa e ao maior número de provas (em particular de clássicas pontuáveis para o ranking world tour) em que o fantástico sprinter eslovaco participe.

Depois de um ano 2013 para esquecer com muitos problemas físicos, sem pedalada para a nova geração de chefes-de-fila que apareceram nos últimos 2 anos nas equipas de World, Ivan Basso vai regressar em 2014 aos fundamentals: o Giro de Itália. Nas estradas italianas, sem atacar, Basso é por estatuto adquirido um candidato à vitória. Para o ajudar, Basso irá alocar os seus gregários de luxo Moreno Mozer e Maciej Bodnar, com o primeiro a deter um estatuto de segunda opção para a geral da prova. Mozer também terá como objectivo para esta época vencer a geral da Volta à Polónia (finais de Julho), prova que lhe escapou por um fio em 2012.

O australiano de 31 anos Cameron Wurf é o contra-relogista da equipa. Wurf também consegue andar bem em média montanha.

O resto são sprints. Equipa totalmente preparada para Sagan. A missão de todos os gregários que correrem com o eslovaco durante a época será preparar os sprints do eslovaco. O ciclista eslovaco também estará de olho nos campeonatos do mundo, uma das únicas grandes provas do calendário ciclístico que ainda não conseguiu vencer na sua carreira. Como 2º sprinter continuará Elia Viviani, ciclista que saiu da pista para a estrada em 2010 e que de resto, aos 24 anos já tem algumas vitórias (na Volta à Grã-Bretanha e no Dauphiné) que lhe granjeam algum respeito dentro do pelotão e que lhe auspiciam a possibilidade de se tornar o sprinter de serviço da selecção italiana para os próximos anos.

Um dos pontos negativos da equipa é para mim a ausência de gregários que possam ajudar Basso a re-conquistar o ceptro de rei do ciclismo italiano. Um dos pontos positivos da equipa é a quantidade de soluções que esta tem para as provas por etapas de poucos dias bem como para as clássicas do calendário internacional.

 

Française des Jeux:

fdj

O projecto de ciclismo patrocinado pelo Ministério do Desporto Francês e pela entidade que empreende os jogos de lotaria em território francês. Apesar desta equipa possuir 3 corredores estrangeiros, é um projecto historicamente constituído no aproveitamento dos melhores talentos formados em França.

Localização: Moussy – França

Site: www.equipecyclistefdj.fr

Director Desportivo: Thierry Bricaud

Chefes-de-fila: Pierrick Fedrigo, Thibault Pinot,

Gregários de luxo\corredores de estatuto protegido: Arnold Jeanesson, Arthur Vichot , Anthony Roux,

Contra-relógio:

Sprinters: Nacer Bouhanni, Arnaud Demare, Murilo Fischer,

Clássicas: Sebastien Chavanel, Anthony Geslin, Jeremy Roy, Cedric Pineau

Gregários: David Boucher, David Courteille, Mickael Delage, Kenny Elissonde, Alexandre Geniez, Mathieu Ladagnous, Johan LeBon, Laurent Mangel, Francis Mourey, Yohan Offredo, Laurent Pichon, Jussi Veikkanen, Geoffrey Soupe, Benoit Vangrenard, Pierre-Henri Lecuisinier,

Principais vitórias\conquistas no ano 2013:

  • 1 etapa na Etoile de Bessèges (Anthony Roux)
  • 1 etapa no Tour de Oman (Nacer Bouhanni)
  • Vitória na Geral do Tour Haut Var (Arthur Vichot)
  • 1 etapa no Paris-Nice (Nacer Bouhanni)
  • Campeonato Nacional da Finlândia (Jussi Veikkanen)
  • 1 etapa no Circuit de La Sarthe (Nacer Bouhanni)
  • Clássica Paris-Camembert (Pierrick Fèdrigo)
  • GP de Demais (Arnaud Demare)
  • Vitória na Geral dos 4 dias de Dunkerque e 3 etapas (Arnaud Demare)
  • 1 etapa na Volta à Suiça (Arnaud Demare)
  • Campeonato Nacional Francês (Arthur Vichot)
  • London Classic (Arnaud Demare)
  • 1 etapa na Volta a Burgos (Anthony Roux)
  • 1 etapa na ENECO Tour (Arnaud Demare)
  • 1 etapa na Tour de Limousin (Mathieu Ladagnous)
  • 2 etapas na Vuelta (Alexandre Geniez e Kenny Elissonde)
  • 2 etapas na Volta a Pequim (Nacer Bouhanni)
  • 7º lugar na Volta à Espanha (Thibault Pinot)

pinot

Juventude, talento, versatilidade, maturidade e experiência. Eis as 5 chaves do sucesso desta interessante equipa francesa.

A comandar as tropas o veterano Pierrick Fèdrigo homem que já venceu duas etapas no Tour (na altura ao serviço da Boygues Telecom) e a jovem promessa do ciclismo francês Thibault Pinot. Aos 23 anos, o ágil trepador já conseguiu vencer uma etapa no Tour (aos 21 anos) e dois lugares dentro do top-10 tanto na prova francesa (10º em 2012) como na Vuelta. Pinot será o chefe-de-equipa desta equipa no Tour, prova onde tentará novamente ser top-1o, o melhor dos franceses e quiçá, o vencedor do prémio de montanha ou da juventude na prova de forma a envergar a camisola às bolinhas vermelhas ou a camisola branca que simboliza a vitória na competição particular entre os ciclistas menores de 25 anos, nos Champs-Elysées em Paris. Thibault já provou por várias ocasiões ser capaz de acompanhar os melhores na montanha. É o herdeiro natural da esperança francesa numa vitória na prova, facto que já não acontece desde a vitória de Bernard Hinault no longínquo ano de 1986.

A equipa francesa não se esgota nestes dois corredores. Com estatuto protegido dentro da equipa, ou seja, com carta branca para não trabalhar para os líderes e seguir a sua própria estratégia de corrida temos Anthony Roux e Arnold Jeannesson. O primeiro dispensa apresentações pelas vitórias que alcançou durante a carreira. O segundo tarda em afirmar as credenciais que prometeu no passado quando foi contratado à semi-desconhecida Auber Big Mat pela Caisse D´Epargne (actualmente) ou envergou a camisola da juventude no Tour durante algumas etapas. Jeanesson poderá assumir a liderança da equipa no Giro de Itália no próximo mês de Maio.

Com objectivos próprios também irá correr o actual campeão francês Arthur Vichot, fruto das vitórias que conquistou no ano 2013.

Bouhanni e Demare:

Nacer Bouhanni

Nacer Bouhanni.

Demare

Nacer Bouhanni (23 anos) e Arnaud Demare (22 anos) são os homens em quem a França depositará a esperança de vencer os campeonatos do mundo de estrada dos próximos anos bem como a prova de estrada dos Jogos Olímpicos de 2016. Duas forças da natureza alternam na mesma equipa. Há muito que o panorama ciclista francês não tinha dois talentos tão grandes na variante de sprint. Na Taça de França não deram hipóteses a ninguém. Paulatinamente foram aparecendo com vitórias nas provas por etapas. 2014 será o ano da sua consolidação absoluta na elite dos grandes sprinters internacionais.

Para ajudar toda esta gente, a Française des Jeux tem um leque de gregários competentes. Jussi Veikkanen (o crónico campeão finlandês) Alexandre Geniez, Kenny Elissonde, Sebastien Chavanel, Jeremy Roy – tudo gente com capacidade para lançar sprints, auxiliar e proteger Pinot e Fèdrigo e ainda mostrar uma apetência grande para fugas de longa distância que valem vitórias em etapas. Não tenho dúvidas que Thierry Bricaud tem aqui um grande (e barato) colectivo, tendo em conta as necessidades que comporta competir no World Tour e os megalómanos objectivos para curto plantel que certas equipas apresentam.