Nem de propósito…

(Antes de começar, começo por agradecer o convite do João Branco para colaborar com este espaço. Espero estar à altura)

 

Numa semana em que se falou muito de arbitragens, alguma imprensa destaca hoje o 30º aniversário de um erro de arbitragem favorável a Portugal. Erro esse que valeu à Selecção Nacional a primeira presença da sua história na fase final de um Europeu.

Isto diz muito das nossas atitudes perante as arbitragens. Ainda hoje amaldiçoamos Marc Batta por aquela expulsão inexplicável de Rui Costa na Alemanha em 1997, mas depois celebramos o aniversário de um erro de arbitragem a nosso favor. Ou como o Benfica, aqui há uns anos, teve uma direcção a apelar ao boicote dos jogos fora de casa em protesto contra as arbitragens, mas depois vende orgulhosamente t-shirts alusivas a um erro que lhe foi favorável. Ou como Paulo Fonseca é rápido a criticar a arbitragem no Estoril, mas depois já se contém a comentar o penálti de que beneficiou no jogo seguinte, frente ao V. Guimarães. Até Leonardo Jardim, que há umas semanas aplaudi pelas suas declarações (num jogo em que até foi prejudicado, frente ao Rio Ave), decidiu juntar-se à festa.

Aguardemos por Setembro de 2017, para ver a imprensa “celebrar” os 20 anos da expulsão de Rui Costa por Marc Batta…

 

Anúncios

One thought on “Nem de propósito…

  1. João,

    Antes de mais quero-te dizer que é uma honra acolher-te aqui nesta equipa. Votos de bons posts!

    Quanto ao post em si, é certo e sabido que o futebol tem dessas hipocrisias. É natural do ser humano protestar quando se é prejudicado e salutar terceiros quando é beneficiado. É certo que no mundo do futebol já tivemos casos em que agentes desportivos vieram a público repor a verdade desportiva quando foram beneficiados. O caso mais concreto foi o de Arsène Wenger naquele célebre jogo da Taça de Inglaterra em que o Arsenal marcou um golo de forma muito duvidosa. Assumindo o benefício, este veio a público pedir a repetição do jogo, facto que veio a acontecer à posteriori.

    Não era vivo para assistir a este jogo de Portugal contra a União Soviética, mas sei que este lance deu o apuramento da nossa Selecção para o Euro´84. Porém, assisti ao célebre jogo que em Marc Batta expulsou o Rui Costa e, mesmo na altura, fiquei chocado com tamanho roubo. Portugal vencia por 1-0 e estava ali a um passo de poder eliminar a campeã europeia em título (a toda poderosa Alemanha de Mattias Sammer, Andreas Mohler, Thomas Hassler, Lothar Mathaeus, Oliver Bierhoff, Mehmet Scholl, Andreas Kopke e por aí adiante) do campeonato do mundo. É certo que ainda hoje muito se pode dizer dessa decisão e até dessa ronda de qualificação da Selecção Portuguesa. É, de certa maneira, um dos tabus do futebol português em conjunto com o “caso Paula”. Desde o incidente do Jamor com Sá Pinto e Artur Jorge, à não-convocação do atleta para o jogo da Irlanda do Norte (relembro que Sá Pinto levava na altura 9 golos no campeonato; jogo esse que de resto terminaria com um 0-0), ao baile de futebol que levámos no jogo da Ucrânia, à falta de golos na Arménia quando mais precisávamos deles e aos jogos contra a Alemanha em que, na minha opinião, tanto cá como lá provámos aos Alemães que eramos mais fortes mas não conseguimos aguentar a vantagem (no jogo fora) e fazer o 2-1 no jogo em casa (nesse jogo, ressaltaram grandes exibições de João Vieira Pinto e Vitor Baía). Muitos acontecimentos ficaram, até hoje, sem explicação oficial por parte dos seus intervenientes. Inclusive a suspensão de Sá Pinto, assunto em que a UEFA delegou competências jurisdicionais à FPF num primeiro momento e depois, num segundo, castigou o jogador a pedido da FPF.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s